Opinião pública, autonomia (relativa) e um novo contexto tecnológico: uma discussão sobre jornalismo especializado em tecnologia

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014

Autores

Dancosky, Andressa Kikuti
Renó, Denis Porto [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

De um lado, tem-se o fato de que o jornalismo auxilia na formação da opinião pública ao ocupar o lugar de “confiabilidade” na sociedade contemporânea. Do outro, a liberdade do público para consumir conteúdos na web, e uma relativa autonomia para produzir seus próprios conteúdos. A equação que soma a formação da opinião pública pelos jornais à autonomia do público, tem como resultado um certo “descontrole” da opinião pública por parte dos jornais, e evidencia a relevância de estudos acadêmicos para tentar entender essa nova realidade. Este artigo traz um diálogo entre ideias postas por Nilson Lage (1996), John Keane (1998) e Paul Levinson (2012) a respeito das mudanças estruturais na sociedade e a formação de opinião pública. O jornalismo especializado em tecnologia, e a presença de temas ligados à cultura livre nessas páginas é o que permeia a discussão.

Descrição

Palavras-chave

Jornalismo|Opinião pública, Novas tecnologias, Jornalismo sobre tecnologia, Nova ecologia dos meios, Cultura livre

Como citar

Razón y Palabra, v. 19, n. 87, p. 1-11, 2014.