A formação continuada do professor coordenador na rede pública estadual paulista de ensino regular

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2017-02-16

Autores

Vera, Rebeca Franciele [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

No contexto escolar, o Professor Coordenador (PC) é responsável legalmente por atividades de diferentes naturezas, tais como pedagógica, organizacional, de monitoramento e controle de desempenho dos alunos. Para o desenvolvimento de suas atividades, faz-se necessário que ele tenha uma formação sólida. Partindo do pressuposto de que a formação inicial não possibilita o conhecimento das especificidades da função e nem a plena realização das suas atribuições, esta pesquisa de natureza qualitativa tem como objetivo geral analisar as proposições da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (SEE/SP) em relação às atividades de formação continuada destinadas aos professores coordenadores. A análise se deu por meio dos documentos oficiais, da revisão bibliográfica e da percepção dos processos formativos por ocupantes da função. Os professores que assumem a coordenação pedagógica sem ter conhecimento específico da função acabam buscando em outros espaços formativos instrumentos para lidar com as especificidades das atribuições e com as dificuldades inerentes ao trabalho. Essa pesquisa apresenta ainda como objetivos específicos: analisar os documentos oficiais – resoluções - relativos à coordenação pedagógica no aspecto específico da formação dos ocupantes da função; analisar os programas e projetos oficiais de formação continuada oferecida pela rede estadual aos coordenadores pedagógicos; problematizar, na perspectiva dos próprios coordenadores, a formação continuada oferecida pela rede estadual paulista. A pesquisa é de natureza documental, complementada por coleta de dados empíricos por meio de entrevistas semiestruturadas. Os sujeitos da pesquisa foram cinco coordenadores pedagógicos que atuam em diferentes ciclos de escolarização e em diferentes cidades pertencentes à Diretoria de Ensino (DE) da região de Bauru – SP. Os resultados obtidos apontam que as formações oferecidas via SEE/SP e DE são restritas às ações da Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores do Estado de São Paulo (EFAP) e às Orientações Técnicas (OT), respectivamente. Ao término da pesquisa foi possível constatar que a formações raramente problematizam a função e não apresentam temáticas coerentes com as necessidades dos PCs. A própria estrutura dos cursos de formação continuada apresenta aspectos que dificultam o interesse dos PCs em fazê-los e, ao invés de prepará-los intelectualmente para tomar decisões dentro da escola, acabam por passar “receitas” de como desenvolver o trabalho, disseminando as propostas oficiais da rede de ensino. Os cursos oferecidos via EFAP são em sua maioria a distância, tem curta duração e não oportunizam uma continuidade na discussão das temáticas. Em decorrência disso, os professores coordenadores recorrem no cotidiano a experiências que tiveram enquanto docentes, bem como a outros PCs e gestores. Em alguns casos os PCs buscam uma formação fora da rede estadual. Nesta dissertação serão apontadas as principais características desses momentos formativos, abrindo caminho para novas pesquisas discutirem as suas implicações para o trabalho dos coordenadores pedagógicos.
In the school context, the Coordinating Teacher (CT) is legally responsible for activities of different natures, such as pedagogical, organizational, monitoring and performance control of students. For the development of its activities, it is necessary that it has made a solid formation. Assuming that the initial training does not allow the knowledge of the specificities of the function nor the full accomplishment of its attributions, this research of qualitative quality has the general objective to analyze the proposals of the Secretary of Education of the State of São Paulo (SES/ SP) of the activities of continuous training to the coordinating teachers by means of the official documents, from the bibliographical review and the perception of the training processes by occupants of the function. Teachers who take on pedagogical coordination without having specific knowledge of the function end up seeking in other formative spaces instruments to deal with the specificities of the assignments and with the inherent difficulties of the work. This research presents still as specific objectives: analyze the official documents - resolutions - concerning pedagogical coordination in the specific aspect of the training of the occupants of the function; analyze the official programs and projects of continuing education offered by the state network to the pedagogical coordinators; to problematize, from the perspective of the coordinators themselves, the continuous training offered by the São Paulo state network. The research is of documentary nature, complemented by the collection of empirical data through semi-structured interviews. The research subjects were five pedagogical coordinators who work in different cycles of schooling and in different cities belonging to the Teaching Board (TB) of the region of Bauru – SP. The results obtained indicate that the courses offered through SES/SP and TB are restricted to the actions of the School of Training and Improvement of Teachers of the State of São Paulo (STIT) and to the Technical Orientations (TO), respectively. At the end of the research it was possible to verify that the formations rarely problematize the function and do not present themes coherent with the needs of the CTs. The very structure of continuing formation courses make it difficult for CTs to do so and, Instead of empowering them intellectually to make decisions within the school, they end up passing "recipes" on how to develop their work and disseminating the proposals of the education network. The courses offered through STIT are mostly distance learning, have a short duration and do not offer a continuity in the discussion of the topics. As a result, the coordinators use their experiences as teachers, as well as other CTs and managers. In some cases, the CTs seek training outside the state network. In this dissertation will be pointed out the main characteristics of these formative moments, opening the way for new researches to discuss their implications for the work of the pedagogical coordinators.

Descrição

Palavras-chave

Professor coordenador, Coordenador pedagógico, Formação continuada, Rede pública Estadual Paulista

Como citar