Estudo das relações entre desenvolvimento da noção temporal e expressões linguísticas de tempo: a narrativa oral como proposta de intervenção em uma abordagem piagetiana

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2007-02-13

Autores

Rodrigues, Inaiara Bartol [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A noção de tempo é considerada um conteúdo bastante complexo e que apresenta dificuldade de ser apreendido. Da mesma forma, as expressões lingüísticas de tempo apresentam sérias dificuldades em relação ao seu emprego na língua. A questão epistemológica que se coloca é se a aprendizagem desses conteúdos dependem da linguagem verbal. O objetivo dessa pesquisa foi analisar as relações entre o desenvolvimento da noção temporal e as manifestações lingüísticas de tempo e verificar se a estimulação da narrativa oral, conceituada como uma estrutura discursiva disponível na língua que se caracteriza por predicados de ação, favorece essa assimilação. A pesquisa teórica visou compreender como ocorre o desenvolvimento da noção temporal segundo a teoria piagetiana e como se manifesta lingüisticamente a expressão de tempo no português do Brasil. A pesquisa empírica foi realizada com um grupo de cinco crianças de 8 e 9 anos da rede estadual de ensino e constou de três procedimentos, sendo que os procedimentos 1 e 3 foram realizados individualmente com cada criança e o procedimento 2 foi realizado em grupo: (1) avaliação da noção temporal e gravação das narrativas orais expressas por meio de solicitação feita pelo pesquisador às crianças; (2) realização de uma proposta de intervenção em grupo com um total de 56 encontros em um período de nove meses, na qual utilizava a narrativa oral como recurso metodológico para a tomada de consciência da noção de tempo e das manifestações de expressões lingüísticas de tempo; (3) aplicação do procedimento 1 após a intervenção. A análise dos dados coletados identificou que as cinco crianças desenvolveram a noção temporal no decorrer da proposta de intervenção e que também passaram a empregar as expressões lingüísticas de tempo em maior quantidade...
The temporal concept is a content difficult to be learned. Linguistic expressions of time also present serious difficulties regarding their use. The epistemological issue which arises is whether learning these contents depend on verbal language. The purpose of this work is to analyse the relationships between the temporal concept and the time linguistic manifestations and investigate whether stimulation of oral narrative that is characterised by action predicates, acts in favour of such an assimilation. The theoretical one aimed at understanding how temporal concept development occurs according to Piaget, and how time expression manifests itself linguistically in Brazilian Portuguese. The empirical phase took place with a group of five children of 8 and 9 years attending a public state school, and consisted of three procedures, the first and the third ones being done with each child and the second with the whole group working together: (1) assessing of temporal concepts and recording of oral narratives expressed by the children; (2) carrying out an intervention scheme in group during 56 meetings lasting for 9 months, in which oral narrative was used as a methodological tool to get the children become aware of the temporal concept and the time linguistic expressions manifestations; (3) application of procedure (1) after intervention. Collected data analysis showed that the children had developed the temporal concept during intervention scheme, and that they had also started to use linguistic expressions of time in greater quantity and in a way much closer to standard Portuguese. Conclusions pointed up that oral narrative favours the development of both the concept of physical time and manifestation of time linguistic expressions as far as it is operated in order to make possible the actions co-ordinations necessary and specific to assimilation of each one of these two acquirements...(Complete abstract, access undermentioned electronic address)

Descrição

Palavras-chave

Piaget, Jean, 1896-1980, Piaget, Teoria de, Noção temporal, Temporal concept, Linguistic expressions, Oral narrative

Como citar

RODRIGUES, Inaiara Bartol. Estudo das relações entre desenvolvimento da noção temporal e expressões linguísticas de tempo: a narrativa oral como proposta de intervenção em uma abordagem piagetiana. 2007. 172 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências, 2007.