Propriedades Físico-Químicas e Primórdios Da Perda de Estabilidade de Calda Inseticida em Misturas com Fungicidas e Adjuvantes

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-07-22

Autores

Spadoni, Ana Beatriz Dilena

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Devido a frequente demanda por aplicações de produtos fitossanitários dada pela ocorrência simultânea de pragas (insetos, doenças e planta-daninha) em uma mesma área e a procura do agricultor em otimizar recursos financeiros e operacionais na lavoura, a prática de misturas em tanque de diferentes classes de produtos fitossanitários tem sido cotidiana. Os efeitos resultantes das misturas, relativos a fatores como às formulações, às dosagens e a interação entre os produtos a serem aplicados, estão associados a compatibilidade entre as formulações e às alterações físico-química nas caldas, que podem resultar na perda de eficácia dos produtos aplicados e ainda em efeitos tóxicos para a cultura tratada e ao ambiente. Nesse cenário, o objetivo desse trabalho foi avaliar as propriedades físico-químicas de calda inseticida e identificar primórdios de perda da estabilidade de misturas com fungicidas e adjuvantes. Os tratamentos foram constituídos da combinação do inseticida tiametoxam + lambda-cialotrina com os fungicidas fluxapiroxade + piraclostrobina e clorotalonil e adjuvantes lecitina e ácido propiônico e óleo mineral. Foram realizadas avaliações de características físico-químicas das combinações, quanto ao pH, condutividade elétrica, tensão superficial e ângulo de contato resultantes das caldas preparadas. Para a avaliação dos primórdios de perda da estabilidade estoudou-se o comportamento reológico, a viscosidade, o potencial zeta, a distribuição de tamanho de partículas dispersas e estabilidade física das caldas. A combinação do inseticida tiametoxam + lambda-cialotrina com o fungicida clorotalonil e os adjuvantes lecitina e ácido propiônico e óleo mineral interfere na cobertura do alvo, reduzindo a tensão superficial das caldas, consequentemente o ângulo de contato das gotas formadas, misturas que foram também as caldas mais estáveis nas análises de primórdios perda de estabilidade.
Due to frequent demand for pesticide applications, imports of financial and operational resources in tillage, a practice of tank storage of different classes phytosanitary products has been daily. The effects of the mixtures are factors such as the formulations, the dosages and the interactions between the products that are applied, are associated to the compatibility between the formulations and the physical of the chemical complex in the syrups, that can cause the breakage of its products and also in toxic effects on the treated crop and the environment. In this scenario, the use of chemical-chemical syrups proved to be insidious and identitarian, impairing the stability of the mixtures with fungicides and adjuvants. The isolates were constituted by the combination of the insecticide thiamethoxam + lambda-cyhalothrin with fungicides fluxapiroxade + pyraclostrobin and chlorothalonil and lecithin and propionic and mineral acid adjuvants. The physical, chemical and enzymatic properties, such as pH, electrical conductivity, surface tension and the contact bottom of the prepared syrups were discontinued. For an evaluation of the stability results, viscosity, zeta potential, dispersion capacity and physical stability of the grouts. The combination of the thiamethoxam + lambda-cyhalothrin insecticide with the chlorothalonil fungicide and the lecithin and propionic acid adjuvants and the mineral oil interfere with the coating of the target, eliminating the surface tension of the syrups, consequently the contact with the droplets formed, mixtures which were also syrup but you are in the analysis of early loss of stability.

Descrição

Palavras-chave

Reologia, Mistura em tanque, compatibilidade, teste de estabilidade, Tank mix, compatibility, rheology

Como citar