Movimento jogo e brincadeira na educação infantil: as expectativas das famílias

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011

Autores

Monteiro, Lucyara Maria [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Childhood is a theme that has attracted many controversies and discussions, and winning approaches to the increasingly large over time: biological, psychological, educational, welfare and, more recently, sociological. It is known that the movement, play and game activities are important recurrent and integral development of children, and should be present prominently in early childhood institutions. Based on these assumptions is that this study aimed to analyze the didactic-pedagogical principles postulated by the law, official guidelines didactic teaching and literature, with regard to meeting the needs of children in early childhood education. Unveiling the expectations of the families responsible for children in relation to early childhood education, especially with regard to movement, and play games and compare to what extent these expectations turn away or close to the guidelines on teaching and pedagogical movement, games and postulated in official documents, legislation and literature. To this end, we carried out literature search, selection and analysis of texts relevant to the understanding of the theme. Fieldwork was conducted in a Municipal School of Early Childhood Education Full-time (Emei) of Bauru/SP, and involved the analysis of the Political-Pedagogical Project of the institution, semi-structured interviews with five teachers and five children in the family responsible for Garden II (ages 5 to 6 years). Data were analyzed using thematic content analysis of Bardin and triangulated by the confrontation of literature/legislation, the Pedagogical Political Project of the institution and the expectations of families/guardians. We also realize that the Pedagogical Political Project of EMEI is in routine activities with the children, movement, and play the game are covered and are worked. According to teachers interviewed they assist in learning other areas of work (Oral and Written Language, Nature and Society, etc.) learning of moral...
A infância é um tema que vem despertando muitas polêmicas e discussões, e ganhando enfoques cada vez mais amplos ao decorrer do tempo: biologicistas, psicológicos, pedagógicos, assistencialistas e, mais recentemente, sociológicos. Sabe-se que o movimento, a brincadeira e o jogo são atividades recorrentes e importantes no desenvolvimento integral das crianças, e deveriam estar presentes de modo destacado nas instituições de educação infantil. É com base nesses pressupostos que este estudo objetivou analisar os princípios didático-pedagógicos postulados pela legislação, pelas diretrizes didático-pedagógicos oficiais e pela literatura, no que diz respeito ao atendimento das necessidades das crianças no âmbito da educação infantil. Desvelar as expectativas das famílias responsáveis pelas crianças em relação à educação infantil, principalmente no que concerne ao movimento, jogos e brincadeiras e comparar em que medida tais expectativas afastam-se ou aproximam-se das diretrizes didático-pedagógicas sobre movimento, jogos e brincadeiras postuladas nos documentos oficias, na legislação e na literatura especializada. Para tal, realizou-se pesquisa bibliográfica, com seleção e análise dos textos, pesquisa bibliográfica, com seleção e análise dos textos relevantes para a compreensão da temática. O trabalho de campo foi desenvolvido em uma Escola Municipal de Educação Infantil de período Integral (EMEII) de Bauru/SP, e envolveu a análise do Projeto Politico-Pedagógico dessa instituição, entrevistas semi-estruturadas com 5 professoras e 5 familiares responsáveis pelas crianças do Jardim II (faixa etária entre 5 e 6 anos). Os dados foram analisados por meio da Análise de Conteúdo temático de Bardin, e triangulados mediante o confronto da literatura/legislação, o Projeto Político Pedagógico da instituição e as expectativas das famílias/responsáveis. Podemos perceber também que no Projeto...

Descrição

Palavras-chave

Brincadeiras, Educação de crianças, Educação física - Estudo e ensino, Capacidade motora, Educação fisica, Exercícios físicos, Jogos educativos, Play

Como citar

MONTEIRO, Lucyara Maria. Movimento jogo e brincadeira na educação infantil: as expectativas das famílias. 2011. . Trabalho de Conclusão de Curso (licenciatura - Educação Física) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências, 2011.