Impactos da aplicação da vinhaça por longo período em solos de textura argilosa e arenosa

Imagem de Miniatura

Data

2021-02-24

Autores

Cardoso, Edmilson N'dami Lopes

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

RESUMO - A avaliação do efeito da aplicação de vinhaça por longo período nos atributos químicos e físicos de solos com diferentes texturas é fundamental para abalizar a recomendação da aplicação desse subproduto. Objetivou-se avaliar se a aplicação de vinhaça por longo período altera os atributos químicos e físicos de solos de textura argilosa e arenosa cultivados com cana-de-açúcar. O experimento foi realizado em duas áreas na região Sudeste do Brasil em solos com textura arenosa (80 g kg-¹ de argila) e argilosa (490 g kg-¹ de argila). Em cada um dos solos, encontraram-se duas condições de manejos na cana-de-açúcar, sendo uma com aplicação de vinhaça, por mais de 10 anos, e outra sem aplicação de vinhaça. Foram coletadas 10 amostras deformadas e indeformadas de solo em cada área nas camadas 0,00-0,10 m, 0,10-0,20 m e 0,20-0,30 m para a avaliação dos atributos químicos e físicos do solo. Devido à estrutura de dependência das variáveis, aplicou-se a análise exploratória multivariada de fatores. A aplicação de vinhaça aumentou, em média, 23% os teores dos macronutrientes no solo argiloso e 80% no solo arenoso. Além disso, a aplicação de vinhaça por longo período incrementou a microporosidade do solo arenoso em 22%, possibilitando maior disponibilidade de água para a cana-de-açúcar. A aplicação de vinhaça por longo período é um manejo sustentável para áreas de cana-de-açúcar, independentemente da textura do solo, pois incrementa a fertilidade do solo por meio do aumento dos teores de carbono orgânico e dos macronutrientes, também promove melhorias na estrutura de solos arenosos, aumentando a microporosidade e, consequentemente, a capacidade de armazenamento de água e a capacidade produtiva desse tipo de solo.
ABSTRACT - Evaluating the effect of long-term vinasse application on the chemical and physical attributes of soils with different textures is fundamental to support the recommendation of the application of this waste. The objective was to evaluate whether long-term vinasse application alters the chemical and physical attributes of clayey and sandy soils cultivated with sugarcane. The experiment was carried out in two areas in the Southeast region of Brazil in soils with sandy (80 g kg-¹ clay) and clayey (490 g kg-¹ clay) textures. In each of the soils, there were two sugarcane management conditions, one with vinasse application for more than 10 years and the other without vinasse application. Ten disturbed and undisturbed soil samples were collected in each area in the 0.00-0.10 m, 0.10-0.20 m and 0.20-0.30 m layers to evaluate soil chemical and physical attributes. Due to the dependence structure of the variables, multivariate factor analysis was applied. Vinasse application increased the contents of macronutrients, on average, by 23% in the clayey soil and 80% in the sandy soil. In addition, long-term vinasse application increased the microporosity of the sandy soil by 22%, enabling greater availability of water for sugarcane. Long-term vinasse application is a sustainable management for sugarcane areas, regardless of soil texture, as it increases soil fertility by increasing organic carbon and macronutrient contents, it also promotes improvements in the structure of sandy soils, increasing microporosity and, consequently, the water storage capacity and the productive capacity of this type of soil.ESUMO - A avaliação do efeito da aplicação de vinhaça por longo período nos atributos químicos e físicos de solos com diferentes texturas é fundamental para abalizar a recomendação da aplicação desse subproduto. Objetivou-se avaliar se a aplicação de vinhaça por longo período altera os atributos químicos e físicos de solos de textura argilosa e arenosa cultivados com cana-de-açúcar. O experimento foi realizado em duas áreas na região Sudeste do Brasil em solos com textura arenosa (80 g kg-¹ de argila) e argilosa (490 g kg-¹ de argila). Em cada um dos solos, encontraram-se duas condições de manejos na cana-de-açúcar, sendo uma com aplicação de vinhaça, por mais de 10 anos, e outra sem aplicação de vinhaça. Foram coletadas 10 amostras deformadas e indeformadas de solo em cada área nas camadas 0,00-0,10 m, 0,10-0,20 m e 0,20-0,30 m para a avaliação dos atributos químicos e físicos do solo. Devido à estrutura de dependência das variáveis, aplicou-se a análise exploratória multivariada de fatores. A aplicação de vinhaça aumentou, em média, 23% os teores dos macronutrientes no solo argiloso e 80% no solo arenoso. Além disso, a aplicação de vinhaça por longo período incrementou a microporosidade do solo arenoso em 22%, possibilitando maior disponibilidade de água para a cana-de-açúcar. A aplicação de vinhaça por longo período é um manejo sustentável para áreas de cana-de-açúcar, independentemente da textura do solo, pois incrementa a fertilidade do solo por meio do aumento dos teores de carbono orgânico e dos macronutrientes, também promove melhorias na estrutura de solos arenosos, aumentando a microporosidade e, consequentemente, a capacidade de armazenamento de água e a capacidade produtiva desse tipo de solo.

Descrição

Palavras-chave

Macronutrientes, Estrutura do solo, Latossolo, Neossolo, Acidez do solo, Soil acidity, Macronutrients, Soil structure, Oxisol, Quartzipsamme

Como citar