Rendimentos de carcaça, cortes comerciais e não-componentes da carcaça de cordeiros Santa Inês alimentados com feno de erva-sal e concentrado

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-03-01

Autores

Moreno, Greicy Mitzi Bezerra
Borba, Hirasilva [UNESP]
Araújo, Gherman Garcia Leal De
Voltolini, Tadeu Vinhas
Souza, Rafael Araújo
Silva Sobrinho, Américo Garcia Da [UNESP]
Buzanskas, Marcos Eli [UNESP]
Lima Júnior, Dorgival Morais De
Alvarenga, Tharcilla Isabella Rodrigues Costa

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal da Bahia (UFBA)

Resumo

This work aimed to evaluate the carcass yields, commercial cuts and non-carcass components of Santa Inês lambs fed with 30, 40, 50 or 60% of oldman saltbush hay with concentrated. Were used 32 castrated lambs at 8 months old and initial body weight of 22 + 1.97kg, housed individually and slaughtered after 60 days of feedlot. The weights of hot and cold carcass decreased linearly with the inclusion of saltbush hay in the diet, however, there was no effect for true carcass yield and commercial cuts: shoulder (19.26%), neck (8.52%) ribs (26.57%) and leg (33.88%). There was a linear decrease for ribeye area and fat thickness when the level of hay in the diet increased. The weights and yields of skin, liver, heart, kidneys with perirenal fat, omental and mesenteric fats decreased linearly with the inclusion of hay in the diet, while the content (%) of gastrointestinal tract increased. The increased proportion of saltbush hay in the diet of lambs provided adequate true carcass yield and commercial cuts, however, reduces the ribeye area and fat thickness, important measurements in the qualitative evaluation of the lamb's carcass.
Objetivou-se com este trabalho avaliar os rendimentos de carcaça, cortes comerciais e não-componentes da carcaça de cordeiros Santa Inês alimentados com 30, 40, 50 e 60% de feno de erva-sal associado a concentrado. Foram utilizados 32 ovinos machos castrados, com 8 meses de idade e peso inicial de 22 + 1,97kg, confinados individualmente e abatidos após 60 dias de confinamento. Os pesos de carcaça quente e fria decresceram linearmente com o aumento de feno de erva-sal na dieta, no entanto, não houve efeito para o rendimento verdadeiro de carcaça (59,42%) e dos cortes: paleta (19,26%), pescoço (8,52%), costelas (26,57%) e perna (33,88%). Houve efeito linear decrescente para área de olho de lombo e espessura de gordura à medida que o nível de feno de erva-sal aumentou na dieta. Os pesos e os rendimentos de pele, fígado, coração, rins com gordura perirrenal e gorduras omental e mesentérica decresceram linearmente com a inclusão de feno de erva-sal na dieta, enquanto o conteúdo (%) do trato gastrintestinal aumentou. O aumento da proporção de feno de erva-sal na dieta de cordeiros proporciona adequados rendimentos verdadeiros de carcaça e dos cortes comerciais, no entanto, reduz a área de olho de lombo e a espessura de gordura subcutânea, medidas importantes na avaliação qualitativa da carcaça ovina.

Descrição

Palavras-chave

Feedlot, halophyte plants, Rib eye area, Semi-arid, Sheep, Área de olho de lombo, Confinamento, plantas halófitas, Ovinos, Semiárido

Como citar

Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal. UFBA - Universidade Federal da Bahia, v. 15, n. 1, p. 192-205, 2014.