Plantas aquáticas e nível de infestação das espécies presentes no reservatório de Bariri, no Rio Tietê

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005-06-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas

Tipo

Trabalho apresentado em evento

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O monitoramento da vegetação aquática permite avaliar a evolução das comunidades e determinar o potencial de danos associados a essas populações. O objetivo do trabalho foi identificar as plantas aquáticas e os níveis de infestação de cada espécie, presentes no reservatório de Bariri. Foram avaliados todos os focos de vegetação aquática presente na represa (194 pontos), e os pontos foram demarcados com um aparelho de GPS. As plantas foram identificadas e realizou-se uma estimativa visual do valor geográfico do ponto (tamanho da área) e a distribuição proporcional das plantas no foco de infestação. Foram encontradas 15 espécies de plantas aquáticas vegetando na represa de Bariri. Considerando que as principais espécies ocorreram com níveis de infestação acima de 10%, as mais importantes foram: Brachiaria mutica (27,0% da área e 97,4% de freqüência), B. subquadripara (22,7% da área e 96,9% de freqüência), Eichhornia crassipes (13,8% da área e 85,6% de freqüência) e Typha angustifolia (16,7% da área e 72,7% de freqüência). Outra espécie que pode ser destacada e que apresentou um bom potencial de infestação foi Enidra sessilis, que ocorreu em 8,9% de ocupação na área vegetada e com 76,3% de freqüência.

Resumo (inglês)

Aquatic vegetation monitoring allows to evaluate community evolution and to determine the potential of damages associated to these populations. The objective of this work was to identify the aquatic plants and infestation levels of each species in the Bariri reservoir in the state of São Paulo, Brazil. All the aquatic vegetation foci in the dam (194 points) were evaluated and marked with GPS equipment. The plants were identified and a visual estimate of the geographic value of the point (size of the area) and a proportional distribution of the plants in the focus were carried out. Fifteen macrophyte species were found vegetating in the Bariri dam. Due to the great diversity of the species found, those presenting infestation levels above 10% were considered to be the major ones. Therefore, the most important aquatic species were: Brachiaria mutica, Brachiaria subquadripara, Eichhornia crassipes and Typha angustifolia. Another species that may be considered prominent with an index between 5% and 10% and a good infestation potential was Enidra sessilis.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Planta Daninha. Sociedade Brasileira da Ciência das Plantas Daninhas , v. 23, n. 2, p. 371-374, 2005.

Itens relacionados

Financiadores