Variabilidade espacial de propriedades de Latossolo e da produção de café em diferentes superfícies geomórficas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005-12

Autores

Sanchez, Rodrigo B. [UNESP]
Marques Júnior, José [UNESP]
Pereira, Gener T. [UNESP]
Souza, Zigomar M. De

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG

Resumo

With the objective to evaluate the spatial variability of the soil properties and coffee production in different geomorphic surfaces (GS) in the region of the high Paranaíba, MG, two regular grids of 200 x 850 m with intervals of 50 m were installed with 68 sampling points under coffee crop. The soil samples were collected at 0-0.20 m depth at the intersection points of these grids. The coffee production was evaluated in plants closer to the intersection of the grid point. Descriptive statistics and geostatistics analysis of the soil properties and production of coffee crop were performed. The chemical and textural properties of soil intensely managed possess dependence of the relief, even for small expression. The coffee production presented spatial dependence in both surfaces and largest variability in GS II. The limits between the geomorphic surfaces can represent limits of specific places of management.
Com o objetivo de avaliar a variabilidade espacial de propriedades do solo e produção de café em diferentes Superfícies Geomórficas (SG) na região do Alto Paranaíba, MG, instalaram-se duas malhas de 200 x 850 m com intervalos regulares de 50 m, com 68 pontos amostrais cada uma, sob cultivo de café. As amostras de solo foram coletadas na profundidade de 0-0,20 m, nos pontos de intercessão dessas malhas. A produção de café foi avaliada em duas colheitas de grãos em coco das plantas mais próximas da intercessão de linhas das malhas. Calcularam-se as estatísticas descritivas e realizou-se a análise geoestatística de propriedades do solo e produção da cultura de café. As propriedades químicas e granulométricas de solos intensamente manejados, possuem dependência do relevo, mesmo de pequena expressão. A produção de café apresentou dependência espacial em ambas as superfícies e maior variabilidade na SG II. Os limites entre as superfícies geomórficas podem representar limites de locais específicos de manejo.

Descrição

Palavras-chave

geostatistics, coffee growing, precision agriculture, geoestatística, cafeicultura, agricultura de precisão

Como citar

Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental. Campina Grande, PB, Brazil: Departamento de Engenharia Agrícola - UFCG, v. 9, n. 4, p. 489-495, 2005.