Show simple item record

dc.contributor.advisorCorsi, Francisco Luiz [UNESP]
dc.contributor.authorMecca, Andréia Cordeiro [UNESP]
dc.date.accessioned2014-11-10T11:09:44Z
dc.date.available2014-11-10T11:09:44Z
dc.date.issued2014-02-04
dc.identifier.citationMECCA, Andréia Cordeiro. O governo Lula: política, governabilidade e hegemonia. 2014. 107 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Filosofia e Ciências de Marília, 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/110432
dc.description.abstractThis paper discusses the reconciliation of classes within the Lula government. For this, it is understood as important to reflect on the implementation of the neoliberal model in the country and the Brazilian subordinate position in the new world order. Later, makes the analysis of alliances and strategies of the government before the 2002 election. From the signed agreements, develops the study of political and economic measures rolled out in the first Lula term, and the international context and the infighting as background. Make explicit as this government enabled the emergence of large national groups and the implications for the reorganization of the dominant bloc. The working class is also analyzed, seeking to understand which policies and measures were directed to the proletariat, in addition to a brief history of the most important trade union federation in the country, the CUT . The objective is to demonstrate the movements of the proletarian fractions. Finally, the analysis draw a parallel between the two classes under the Lula government, trying to show the conditions that gave the possibility to reconcile these classes, which led to extensive governability of Lula.en
dc.description.abstractO presente trabalho procura discutir conciliação de classes dentro do governo Lula. Para isso, entende-se como importante refletir sobre a implementação do modelo neoliberal no país e a inserção subordinada brasileira na nova ordem mundial. Posteriormente, faz-se uma análise das alianças e estratégias do governo antes da eleição de 2002. A partir dos acordos firmados, desenvolve-se o estudo das medidas políticas e econômicas desenroladas por Lula em seu primeiro mandato, tendo o contexto internacional e as disputas internas como pano de fundo. Explicita-se como esse governo possibilitou o surgimento de grandes grupos nacionais e quais as consequências para a reorganização do bloco dominante. A classe trabalhadora também é analisada, buscando-se compreender quais políticas e medidas foram direcionadas ao proletariado, além de fazer um breve histórico da central sindical mais importante do país, a CUT. O objetivo é demonstrar os movimentos das frações proletárias. Por fim, é apresentado o paralelo entre as duas classes sob o governo Lula, procurando mostrar as condições que deram a possibilidade de conciliação dessas classes, o que gerou a ampla governabilidade de Lula.pt
dc.format.extent107 f. : il.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectBrasil Presidente (2003-2006 : Lula)pt
dc.subjectBrasil Presidente (2007-2010 : Lula)pt
dc.subjectNeoliberalismopt
dc.subjectPolítica econômicapt
dc.subjectPolítica socialpt
dc.titleO governo Lula: política, governabilidade e hegemoniapt
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FFCpt
unesp.knowledgeAreaCiências sociaispt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Filosofia e Ciências, Maríliapt
dc.identifier.aleph000792541
dc.identifier.file000792541.pdf
dc.identifier.capes33004110042P8
dc.identifier.lattes7742579299953697
unesp.author.lattes7742579299953697
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record