Show simple item record

dc.contributor.advisorCerri, Estela Sasso [UNESP]
dc.contributor.advisorBeltrame, Flávia Luciana [UNESP]
dc.contributor.authorAlmeida, Talita Bonato de [UNESP]
dc.date.accessioned2015-07-13T12:09:17Z
dc.date.available2015-07-13T12:09:17Z
dc.date.issued2014-12-10
dc.identifier.citationALMEIDA, Talita Bonato de. Avaliação de parâmetros morfométricos e morfofuncionais em testículos de ratos tratados com fluoxetina e suplementados com vitamina B12. 2014. 55 f. , 2014.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/124204
dc.description.abstractA fluoxetina, um antidepressivo utilizado principalmente no tratamento de depressão, ansiedade e transtorno obsessivo-compulsivo, pertence à classe dos inibidores seletivos de recaptação de serotonina. Estudos prévios realizados em nosso laboratório demonstraram que este fármaco causa alterações significantes na histoarquitetura do epitélio seminífero e, portanto, no processo espermatogênico. A vitamina B12 promove a síntese de DNA e favorece, consequentemente, a proliferação celular. Sendo assim, foi proposto avaliar se a suplementação com vitamina B12, em ratos tratados com a fluoxetina, é capaz de amenizar as alterações causadas por este fármaco. Foram utilizados 32 ratos adultos distribuídos em 4 grupos: grupo vitamina B12 (GVit), grupo fluoxetina (GF), grupo fluoxetina e vitamina B12 (GF/Vit) e grupo controle (GC). Os animais do GVit receberam injeções de vitamina B12 (3μg), os animais do GF receberam fluoxetina (20mg/kg), os do GF/Vit receberam vitamina e fluoxetina e os animais do GC receberam água destilada. Transcorridos 11 dias de tratamento, os testículos foram fixados e processados para inclusão em historesina e parafina. Foram avaliados os parâmetros morfométricos: área tubular total e número de células de Sertoli. Os resultados foram submetidos à análise estatística para avaliação das diferenças entre os grupos. A fim de avaliar a incidência de ubiquitinação nas células germinativas, os cortes foram submetidos à reação imuno-histoquímica para detecção de UCHL-1 (ubiquitina). O tratamento com fluoxetina causou uma redução significante do peso corpóreo e redução, embora não significante, do peso testicular dos animais, além de uma redução acentuada nos níveis séricos de testosterona. A análise dos parâmetros morfométricos mostrou uma redução significante da área tubular total e do número de células de Sertoli. Nos túbulos seminíferos destes animais, também foram ...pt
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent55 f
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.sourceAleph
dc.subjectFluoxetinapt
dc.subjectAntidepressivospt
dc.subjectAnsiedadept
dc.subjectDepressão mentalpt
dc.subjectSerotoninapt
dc.subjectVitamina B12pt
dc.subjectDepression, Mentalpt
dc.titleAvaliação de parâmetros morfométricos e morfofuncionais em testículos de ratos tratados com fluoxetina e suplementados com vitamina B12pt
dc.typeTrabalho de conclusão de curso
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.description.sponsorshipIdFAPESP: 2013/04867-9
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Araraquarapt
dc.identifier.aleph000833881
dc.identifier.filehttp://www.athena.biblioteca.unesp.br/exlibris/bd/capelo/2015-06-10/000833881.pdf
unesp.undergraduateFarmácia-Bioquímica - FCFARpt
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record