Show simple item record

dc.contributor.advisorSouza, Renata Junqueira de [UNESP]
dc.contributor.authorMassuia, Caroline Sanchez [UNESP]
dc.date.accessioned2014-06-11T19:25:38Z
dc.date.available2014-06-11T19:25:38Z
dc.date.issued2011-08-11
dc.identifier.citationMASSUIA, Caroline Sanchez. Os contos de fadas e as práticas educativas: o uso do gênero em uma escola municipal de Presidente Prudente. 2011. 163 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2011.
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/92230
dc.description.abstractO presente estudo está ligado à linha de pesquisa Infância e Educação e tem como objetivo verificar o trabalho de leitura e escrita a partir do conto de fadas em uma escola municipal de Presidente Prudente, visto que a escola representa um espaço privilegiado para que a criança entre em contato com a literatura. Considerando que a criança hoje tem mais acesso a aparelhos eletrônicos, como televisão, videogame e computador, o papel da escola para promover o acesso do aluno à literatura fica ainda maior, principalmente no Ensino Fundamental, período propício à formação do leitor. A escolha dos contos de fadas deve-se ao fato de suas histórias agradarem à grande maioria das crianças de qualquer idade e, também, por serem ideais para se trabalhar a produção de texto, devido a sua estrutura. Para verificar o uso dos contos de fadas em salas de aula, realizamos entrevistas com professoras de classes do 1° ao 5° ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal, pretendendo averiguar suas concepções sobre o gênero e o uso que fazem dele em suas aulas. Após as entrevistas, algumas aulas de português de uma professora de 5° ano que demonstrou interesse pela pesquisa foram observadas e ela também recebeu uma formação sobre o tema, com informações teóricas e propostas de atividades práticas a serem aplicadas posteriormente. Com isso, foi possível comparar sua prática, antes e depois da formação recebida. Os resultados obtidos na pesquisa reforçam o gosto pelo gênero entre crianças de séries iniciais, a falta de formação docente para perceber a importância do trabalho com os contos de fadas, bem como a possibilidade de construir leitores ávidos a partir de um trabalho contínuo e específico em sala de aulapt
dc.description.abstractNot availableen
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
dc.format.extent163 f.
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.sourceAleph
dc.subjectEducaçãopt
dc.subjectContos de fadaspt
dc.subjectPráticas educativaspt
dc.subjectProdução de textospt
dc.titleOs contos de fadas e as práticas educativas: o uso do gênero em uma escola municipal de Presidente Prudentept
dc.typeDissertação de mestrado
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (UNESP)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
unesp.graduateProgramEducação - FCTpt
unesp.knowledgeAreaFormação inicial e continuada de professorespt
unesp.researchAreaInfância e Educaçãopt
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (UNESP), Faculdade de Ciências e Tecnologia, Presidente Prudentept
dc.identifier.aleph000675266
dc.identifier.filemassuia_cs_me_prud.pdf
dc.identifier.capes33004129044P6
dc.identifier.lattes9778200016779533
unesp.author.lattes9778200016779533
Localize o texto completo

Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record