Da crônica jornalística ao conto: a transformação da escrita em Dinorath do Valle

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-03-07

Orientador

Silva, Antonio Manoel dos Santos

Coorientador

Pós-graduação

Letras - IBILCE

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Gênero literário associado aos jornais de circulação nacional, sediados nas capitais brasileiras, a crônica se faz presente também nas publicações do interior do Brasil desde meados do século 20, inclusive em São José do Rio Preto, distante 414 quilômetros da capital paulista. Dinorath do Valle (10/07/1926 - 01/05/2004) construiu sua carreira literária na cidade por quase 60 anos e, apesar de longe de São Paulo e Rio de Janeiro, principal eixo da cultura nacional, foi premiada em 14 concursos internacionais e nacionais de literatura, além de publicar livros de contos e romances. Mesmo assim, Dinorath do Valle é mais uma escritora brasileira cujas obras ficaram recônditas a uma região, neste caso o Noroeste paulista, onde exerceu intensa atividade na imprensa local, jornais e rádio. A partir da hipótese de que o exercício da crônica foi determinante para seu amadurecimento como escritora, conduzindo-a, ainda que instintivamente, para outras formas textuais, principalmente o conto, gênero literário com o qual se consagrou, pretende-se que o presente estudo crítico possibilite evidenciar a qualidade de sua obra e contribuir para seu reconhecimento, não apenas como cronista, mas também como ficcionista de destaque no panorama literário brasileiro, enfocando seu primeiro livro de contos O vestido Amarelo. Propõe-se lançar uma luz sobre esta autora cuja obra encontra-se esgotada, em risco de esquecimento, e por ser ainda pouco contemplada pelas pesquisas acadêmicas. Para tanto, utilizou-se os métodos exploratório, bibliográfico e analítico, para resgatar sua trajetória como cronista de jornal e rádio e escritora e assim, confirmar as hipóteses apresentadas à questão que fundamenta esta investigação: em que medida o exercício da crônica e seus elementos de realidade e experiência, afloraram de seus textos, transfigurando-se em obra literária e contribuindo para seu amadurecimento como ficcionista.

Resumo (inglês)

Literary genre associated to national newspapers, situated in Brazilian capitals, the chronicle was also present in countryside publications since the 20th century, inclusively in São José do Rio Preto, 414 kilometers from São Paulo. Professor Dinorath do Valle (10/07/1926 – 01/05/2004) built her literary career in this city for almost 60 years and, even far from São Paulo and Rio de Janeiro – reference axis for national culture – she was awarded in 14 national and international literary contests, besides publishing novels and narratives. Nevertheless, Dinorath do Valle is a Brazilian writer whose works were hidden to a region, the northwest paulista, where she performed intense activity on the local press, newspapers and radio. Assuming that the chronicle exercise was determining to her maturity as a writer, leading her, even though instinctively, to other textual forms, mainly the narrative, literary genre which is consecrated for, the purpose of the present critical study is to emphasize the quality of her work, not only as a chronicler, but also as a significant fictionist in the Brazilian literary picture, focusing his first book of short stories, O vestido amarelo. This work intends to shed light on this author’s career whose work is threatened, as it is not part of the canon and it is not contemplated on academic research. For this purpose, exploratory, bibliographic and analytical methods were used in order to perceive not only her path and work, and confirm the hypotheses to the base question of this investigation: in which ways the chronicle exercise and its reality and experience elements emerged from her texts, transfiguring it in literary work and contributing to her maturity as a fictionist.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Financiadores