Cicatrização óssea de defeitos de tamanho crítico tratados com Aspirado de Medula Óssea, Laser em Baixa Intensidade ou a associação de ambas as terapias: estudo histológico e histométrico em calvárias de ratos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-02-27

Orientador

Nagata, Maria José Hitomi

Coorientador

Pós-graduação

Odontologia - FOA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O propósito deste estudo foi avaliar, histologicamente e histometricamente, o processo de cicatrização óssea em defeitos de tamanho crítico (DTC), criados cirurgicamente em calvárias de ratos e tratados com aspirado de medula óssea (AMO), laser em baixa intensidade (LLLT) ou a associação de ambas as terapias. 40 ratos foram divididos em 4 grupos: C (controle), AMO, LLLT e AMO/LLLT. Um DTC de 5 mm de diâmetro foi criado na calvária de cada animal. No Grupo C, o defeito foi preenchido com coágulo sangüíneo somente. No Grupo AMO, o defeito foi preenchido com AMO. Nos grupos LLLT e AMO/LLLT, o defeito recebeu aplicação da LLLT (InGaAlP laser), foi preenchido com coágulo sanguíneo e AMO, respectivamente, e recebeu novamente a aplicação da LLLT. Todos os animais foram submetidos à eutanásia aos 30 dias pós-operatórios. Análises histomorfométrica, usando software de análise de imagem, e histológica foram realizadas. A Área de Osso Neoformado (AON) foi calculada como uma porcentagem da área total do defeito original. Os dados foram analisados estatisticamente (ANOVA, Tukey, p<0,05). O Grupo AMO/LLLT (38,92 ± 7,12%) apresentou AON significativamente maior que os grupos C (13,75 ± 4,32%), AMO (28,71 ± 10,42%) e LLLT (18,40 ± 7,41%). O Grupo AMO apresentou AON significativamente maior que o controle. Não foram observadas diferenças significativas na AON dos grupos LLLT e C. Dentro dos limites desse estudo, pode-se concluir que a associação AMO/LLLT produziu formação óssea significativamente maior em DTC cirurgicamente criados em calvárias de ratos quando comparada ao controle ou a cada tratamento isoladamente

Resumo (inglês)

The purpose of this study was to analyze, histologically and histometrically, the influence of bone marrow aspirate (BMA), low-level laser therapy (LLLT) or their combination on bone healing in surgically created critical-size defects (CSD) in rat calvaria. 40 rats were divided into 4 groups: C (control), BMA, LLLT and BMA/LLLT. A 5 mm diameter CSD was created in the calvarium of each animal. In Group C, the defect was filled by blood clot only. In Group BMA, the defect was filled with bone marrow aspirate. In groups LLLT and BMA/LLLT, the defect received laser irradiation (InGaAlP laser), was filled with blood clot or BMA respectively, and then irradiated again. All animals were euthanized at 30 days postoperatively. Histometric, using image analysis software, and histologic analyses were performed. Amount of newly formed bone (NFB) was calculated as a percentage of the total area of the original defect. Data were statistically analyzed (ANOVA, Tukey p<0.05). Group BMA/LLLT (38.92 ± 7.12%) had significantly greater NFB than groups C (13.75 ± 4.32%), BMA (28.71 ± 10.42%) and LLLT (18.40 ± 7.41%). Group BMA presented significantly greater NFB than control, while group LLLT did not. Within the limits of this study, it can be concluded that the combination of BMA/LLLT yielded significantly greater bone formation in surgically created CSD in rat calvaria when compared to control, or either treatment alone

Descrição

Idioma

Português

Como citar

SANTINONI, Carolina dos Santos. Cicatrização óssea de defeitos de tamanho crítico tratados com Aspirado de Medula Óssea, Laser em Baixa Intensidade ou a associação de ambas as terapias: estudo histológico e histométrico em calvárias de ratos. 2012. 90 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2012.

Itens relacionados