Balanço energético na produção de feno de alfafa em sistema intensivo de produção de leite

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2004-02-01

Autores

Campos, Alessandro Torres
Saglietti, José Roberto Corrêa [UNESP]
Bueno, Osmar de Carvalho [UNESP]
Campos, Aloísio Torres de
Klosowski, Elcio Silvério
Gasparino, Eliane

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Resumo

O trabalho teve como objetivo estimar o balanço energético para a produção do feno de alfafa a partir de dados coletados durante sete anos em um Sistema Intensivo de Produção de Leite, localizado na região de Coronel Pacheco, MG. Para a confecção da matriz energética, foram consideradas as categorias de energia direta e indireta. As entradas de energia ocorridas na implantação e estabelecimento da cultura foram diluídas nos anos considerados como vida útil. A energia direta, relativa aos insumos, teve maior participação que a indireta, sendo os percentuais encontrados de 93,05 e 6,95, respectivamente. O principal consumidor de energia indireta foi o trator, que aciona todos os implementos, seguido pelo equipamento de irrigação. A eficiência energética estimada foi de 3,19. A maioria da energia direta utilizada foi aquela derivada de petróleo, na forma de combustível (óleo diesel). A utilização de adubo orgânico, de cama de frango, promoveu uma relativa redução no consumo de energia advinda de fertilizante derivado do petróleo. Com os resultados obtidos, pode-se concluir que, apesar das diversas fontes de consumo energético, a produção de feno de alfafa é sustentável e eficiente na conversão energética.
The aim of this work was to evaluate the energy balance in the alfalfa hay production based on seven years data from an Intensive System of Milk Production, located in the region of Coronel Pacheco/MG Brazil. To create the energy matrix determination, the categories of direct and indirect energy were considered. The energy occurred in the implanting and establishing of the crop were distributed along the years considered as useful life. The direct energy, relative to the inputs, had larger participation than the indirect one, being the percentiles found of 93.05 and 6.95, respectively. The main consumer of indirect energy was the tractor, which turns on all the implements, followed by the irrigation system. The estimated energy efficiency by the process was of 3.19. Most of the direct energy used was derived from fossil resources, in the form of fuel (diesel). The use of organic fertilizer, poultry litter, promoted a relative reduction in the consumption of energy originated from fertilizer derived from fossil resources. With the obtained results, it was concluded that, despite the several sources of energy consumption, the production of alfalfa hay is sustainable and efficient in the energy conversion.

Descrição

Palavras-chave

eficiência energética, sustentabilidade da agricultura, fenação, energy efficiency, hay production, sustainability of the agriculture

Como citar

Ciência Rural. Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), v. 34, n. 1, p. 245-251, 2004.