O impacto da política de permanência estudantil na UNESP - a percepção do aluno bolsista

Imagem de Miniatura

Data

2011

Autores

Araújo, Maria Amélia Máximo de [UNESP]
Almeida, Loriza Lacerda de [UNESP]
Louro, Daniel Wayne [UNESP]
Del-Masso, Maria Candida Soares [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo

This research focuses on the inquiry about the impact of the Studentship Program offered by the Academic Extension Board of the São Paulo State University – UNESP. The project emphasized the importance of this program to all college students. The data was obtained through a questionnaire and indicated that the budget invested by the university is essential to the permanence and performance of the low-income students in all graduation courses offered.
O objetivo deste estudo consiste em investigar a percepção dos alunos bolsistas do Programa de Permanência Estudantil da Pró-Reitoria de Extensão Universitária da Universidade Estadual Paulista-UNESP, instituição de ensino superior público, enfatizando a importância deste programa para os estudantes dos diferentes cursos de graduação. Os dados obtidos mediante a aplicação de questionário apontaram que os recursos investidos pela Universidade são fundamentais para a permanência e desempenho dos acadêmicos com carência socioeconômica nos seus respectivos cursos de graduação.
El propósito de este estudio es investigar el impacto del Programa de Estancia de Estudiantes de la Pro-Rectoría de Extensión Universitaria de la Universidad Estadual Paulista-UNESP, institución de educación superior, haciendo hincapié en la importancia de este programa para los estudiantes de diferentes carreras de grado. Los datos obtenidos mediante la aplicación del cuestionario indicaron que los fondos invertidos por la Universidad son la clave para la retención y el rendimiento académico con la privación socioeconómica en los cursos de graduación.

Descrição

Palavras-chave

Extensão Universitária, Permanência Estudantil

Como citar

Revista Ciência em Extensão, v. 7, n. 2, p. 16-28, 2011.