Efeito da temperatura sobre os parâmetros zootécnicos de frangos de corte suplementados com protease e ácido ascórbico

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2019-01-08

Autores

Contin Neto, Armando Carlos [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A temperatura ambiente afeta negativamente a produção de frangos de corte quando excede a termoneutralidade, por isso, alternativas nutricionais como a redução da proteína bruta da dieta são bem-vindas. Aliado a isso, a suplementação da ração com protease torna mais efetivo o aproveitamento da porção proteica, bem como o uso de vitamina C, combatendo metabólitos nocivos oriundos do estresse. A partir disso, objetivo deste estudo foi avaliar o efeito da temperatura ambiente, da suplementação de protease e ácido ascórbico sobre o desempenho e digestibilidade de nutrientes de frangos de corte. Para este experimento, 720 pintos machos Cobb com 1 dia de idade foram alojados em galpão até os 15 dias de idade, em condições não experimentais, com a finalidade de evitar a adaptação dos frangos às temperaturas das câmaras bioclimáticas no período de estudo. Após esta fase inicial, os frangos foram distribuídos casualmente em três câmaras: termoneutra; quente e quente + suplementação de vitamina C. Os frangos de corte receberam duas dietas, uma delas com redução do nível de proteína bruta e aminoácidos (CN), e outra sem a redução de níveis dos mesmos nutrientes (CP). Adicionalmente, as dietas foram suplementadas com três níveis de protease: 0; 200 e 400 ppm, resultando em um esquema fatorial 3×2×3 (termoneutro, quente e quente+vit.C × dietas CP e CN × 0 ppm, 200 ppm e 400 ppm de protease). Para o desempenho avaliouse o peso corporal (PC), ganho de peso médio (GPM), consumo de ração (CR) e conversão alimentar (CA). Já para a digestibilidade de nutrientes, avaliou-se o coeficiente de digestibilidade aparente da proteína bruta (CDAPB), coeficiente de digestibilidade aparente da energia (CDAE), energia digestível na matéria natural (EDMN), proteína metabolizável na matéria natural (PDMN) e coeficiente de digestibilidade aparente na matéria seca (CDAMS).

Descrição

Palavras-chave

avicultura, aditivos, digestibilidade de nutrientes, enzimas exógenas, nutrição

Como citar