Produção de tomate em diferentes substratos com parcelamento da fertirrigação sob ambiente protegido

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2001-01

Orientador

Araujo, Jairo Augusto Campos
Cora, José Eduardo

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Produção Vegetal) - FCAV

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Dissertação de mestrado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O experimento foi conduzido na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Câmpus de Jaboticabal, SP, no qual se analisou a produção do tomateiro, híbrido longa vida Carmen, cultivado em diferentes substratos com parcelamento da fertirrigação. O delineamento estatístico utilizado foi em blocos casualizados, com esquema fatorial 4 x 2 (quatro substratos e dois manejos de fertirrigação), com quatro repetições. Os substratos testados foram: S1 = areia fina (0,250 - 0,105 mm); S2 = 1/2 areia fina + 1/2 bagaço de cana-de-açúcar; S3 = 1/2 areia fina + 1/2 casca de amendoim moída (passada em peneira com abertura de 7 x 18 mm) e S4 = 1/3 areia fina + 1/3 bagaço de cana-de-açúcar + 1/3 casca de amendoim moída. Os manejos de fertirrigação utilizados foram: F1 = fertirrigação realizada uma vez por semana e F2 = fertirrigação realizada duas vezes por semana. A dotação hídrica foi realizada em função dos dados obtidos em um tanque classe A, instalado no interior do ambiente protegido. Verificou-se que a fertirrigação parcelada proporcionou maior produção. Os substratos S1, S3 e S4 forneceram melhores condições para o desenvolvimento das plantas que o substrato S2. A estimativa da evapotranspiração, pelo método do tanque classe A, não foi eficaz para calcular as reais exigências hídricas do tomateiro cultivado em ambiente protegido.

Resumo (inglês)

The experiment was conducted at the Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, Câmpus de Jaboticabal (21o15'22 S, 48o18'58 W). The tomato plants, long-life hybrid cv. Carmen, were grown on different substrates with fertigation and in greenhouse conditions. The experimental design was a randomized complete block, with a factorial array of 4 x 2 (four substrates and two fertigations), with four replications. The substrates used were: S1 = fine sand (0.250 - 0.105 mm); S2 = 1/2 fine sand + 1/2 crushed sugar-cane; S3 = 1/2 fine sand + 1/2 ground peanut bark (screened by 7 x 18 mm); S4 = 1/3 fine sand + 1/3 crushed sugar-cane + 1/3 ground peanut bark. The fertigation managements were: F1 = fertigation applied once a week and F2 = fertigation applied twice a week. The hydric dotation was stablished based upon the measurements of the class A pan. The highest tomato yields were obtained when fertigation was applied twice a week. The performance of the substrates S1, S3 and S4 was similar and better when compared to the performance of the substrate S2. The hydric dotation based upon the measurements of the class A pan was not efficient for suppling the water plant needs.

Descrição

Palavras-chave

Idioma

Português

Como citar

FERNANDES, Carolina. Produção de tomate em diferentes substratos com parcelamento da fertirrigação sob ambiente protegido. 2001. x, 59 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2001.

Itens relacionados

Financiadores