Validação de metodologia analítica para quantificação de nicotinamida e ácido ascórbico em emulsão

Imagem de Miniatura

Data

2016-12-12

Autores

Martins, Camila Jandira [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Not available
O estresse oxidativo é consequência do desequilíbrio originado pela produção de radicais livres e as defesas antioxidantes. Quando a produção de radicais livres é maior que a capacidade de defesa este fenômeno ocorre, resultando em maior quantidade de oxidantes, o que acelera o processo de envelhecimento, dentre outras consequências. Para auxiliar na defesa endógena, a indústria propôs a adição de produtos naturais em cosméticos que pudessem diminuir a quantidade de oxidantes, como é o caso da nicotinamida (NIC) e do ácido ascórbico (AA). A NIC é uma das formas da vitamina B3, precursora de NADPH e NADH que apresenta potente poder redutor, resultando em capacidade antioxidante. O AA previne a oxidação descontrolada em meio aquoso, além de prevenir escorbuto, agir como anti-inflamatório, estimular a produção de colágeno da pele, amenizar os danos causados pela exposição à radiação ultravioleta e agir como agente despigmentante. O objetivo deste trabalho foi desenvolver e validar um método analítico utilizando HPLC para quantificar AA e NIC com eficiência e baixo custo. Neste contexto, a melhor separação foi obtida a partir de fase móvel contendo 0,01% de ácido trifluoracético em água ultrapura e deionizada, coluna RP18 (XDB, 4,6 x 250 mm, 5 μm, Waters), injeção de 20 µL, fluxo de 1,7 mL/min, absorbância de 254nm, corrida de 5 minutos. Para o ensaio de linearidade, fez-se uma curva analítica com as concentrações de 20, 30, 40, 50, 60, 70 e 80 μg/mL (r 2 = 0,9991 para o AA e r² = 0,9999 para NIC). Além disso, foram obtidas respostas positivas para especificidade, precisão, exatidão e robustez, parâmetros necessários para a validação de um método analítico, o que torna o método aplicável para a quantificação...

Descrição

Palavras-chave

Stress oxidativo, Vitamina C, Cosmeticos, Cromatografia líquida de alta eficiência

Como citar

MARTINS, Camila Jandira. Validação de metodologia analítica para quantificação de nicotinamida e ácido ascórbico em emulsão. 2016. 73 f. Trabalho de conclusão de curso (Farmácia-Bioquímica) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Farmacêuticas, 2016.