Maltodextrina e acidificante em rações para leitões na fase de creche sobre o desempenho, viabilidade econômica e digestibilidade

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-09-13

Autores

Silva, Anália Maria Ribeiro da [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Para avaliar os efeitos da suplementação dietética de maltodextrina, substituindo parcialmente a lactose, e de acidificante sobre o desempenho, viabilidade econômica e digestibilidade em leitões desmamados, foram conduzidos dois experimentos, sendo utilizados 144 leitões Dalland, com pesos iniciais médios de 6,0 0,45 e 5,8 0,53 kg nos experimentos I e II, respectivamente. Os delineamentos experimentais foram em blocos ao acaso, com arranjo fatorial dos tratamentos: ausência de maltodextrina e de acidificante; ausência de maltodextrina e presença de acidificante; presença de maltodextrina e ausência de acidificante; presença de maltodextrina e de acidificante. No experimento I foram utilizadas rações mais complexas, e no II, rações menos complexas. Não houve interação maltodextrina x acidificante e efeito de acidificante sobre o desempenho dos leitões nos períodos estudados nos dois experimentos (P>0,05). A maltodextrina determinou melhores consumo diário de ração e ganho diário de peso de 0 a 14 dias do experimento I (P=0,009), não sendo verificados efeitos sobre o desempenho de 0 a 28 dias (P>0,05) e nos períodos de 0 a 16 e 0 a 30 dias do experimento II (P>0,05). Não houve interação maltodextrina x acidificante e efeitos dos fatores (P>0,05) sobre os coeficientes de digestibilidade aparente dos nutrientes das rações pré-iniciais do experimento II. As rações com maltodextrina e maltodextrina mais acidificante proporcionaram maior vantagem econômica. A maltodextrina e o acidificante não influenciaram o valor nutricional das rações, sendo a maltodextrina uma alternativa às fontes de lactose para leitões desmamados. Combinado ou não com o acidificante nas rações, o uso da maltodextrina resultou em maior vantagem econômica em relação à lactose.

Descrição

Palavras-chave

Leitão (Suino), Carboidratos, Viabilidade economica, Ácidos orgânicos, Lactose, Swine, Carbohydrates, Milk products, Organic acids, Economical analysis

Como citar

SILVA, Anália Maria Ribeiro da. Maltodextrina e acidificante em rações para leitões na fase de creche sobre o desempenho, viabilidade econômica e digestibilidade. 2006. xii, 89 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2006.