Tratamento de periodontite em pacientes portadores de diabetes mellitus tipo II não compensada: relato de casos.

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2020-11-13

Autores

Franciscon, João Paulo Soares [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Periodontite é uma doença inflamatória crônica multifatorial associada à placa bacteriana disbiótica e é caracterizada pela destruição dos tecidos de suporte dentário. Esta enfermidade é considerada a sexta complicação da diabetes mellitus. Indivíduos com DM possuem 2 vezes mais risco de desenvolver periodontite e apresentam um desenvolvimento mais rápido e acentuado da doença, apresentando manifestações clínicas mais graves. O protocolo de tratamento periodontal em pacientes diabéticos baseia-se no tratamento não cirúrgico de controle de higiene e raspagem e alisamento radicular (RAR). Neste trabalho foram avaliados e tratados 6 pacientes com Diabetes Mellitus Tipo 2 descompensados e com diagnóstico de periodontite. Foi realizado o exame de Profundidade de Sondagem, Sangramento à Sondagem, Índice de Placa Visível, Nível de Inserção Clínica e exame laboratorial de Hemoglobina Glicada. Após 90 dias do tratamento periodontal não cirúrgico foi realizada reavaliação dos exames periodontais e posteriormente foi e observado pela comparação de ambos exames se o tratamento não cirúrgico foi uma terapia periodontal eficaz em pacientes com diabetes mellitus tipo 2. Conclui-se que, apesar da dificuldade em controlar a periodontite em diabéticos descompensados, a RAR foi efetiva no tratamento dos pacientes, uma vez que reduziu a profundidade de sondagem de bolsas moderadas de todos os casos e a quantidade de bolsas residuais e sangramento à sondagem em todos indivíduos que apresentaram bom controle de higiene e colaboraram com o tratamento. Além disso, observou-se a necessidade de uma terapia adicional das bolsas profundas destes pacientes.
Periodontits is a multifactorial chronic inflammatory disease associated to biofilm and characterized by the destruction of dental support tissues. This disease is considered the sixth complication of diabetes mellitus (DM). People with DM are twice as likely to develop periodontitis and present a faster and worst development of the disease, with more severe clinical manifestation. The protocol of periodontal treatment in patients with DM is based on the non-surgical periodontal therapy of scaling and root planning (SRP). In this paper we evaluate 6 patients with periodontitis and uncontrolled type II DM. It was performed exams of probing depth, plaque index, clinical attachment level and glycated hemoglobin. Ninety days after the non-surgical periodontal treatment, periodontal exams were reevaluated and afterwards it was correlated and observed if the non-surgical treatment was an effective periodontal therapy in patients with type II DM. This study conclude that, despite the difficulty in controlling periodontitis on uncontrolled diabetics patients, SRP was effective on the treatment of those patients because reduced the depth probing of moderate pockets in all cases and reduced residual pockets and bleeding on probing in all patients who had good hygiene control and collaborated with the treatment. In addition it was conclude that is necessary an additional therapy on pockets with deep probing depth on these patients.

Descrição

Palavras-chave

Diabetes mellitus, Periodontite, Periodontitis

Como citar