Seções de choque totais hadrônicas e colisões entre partons

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2005

Autores

Gardim, Fernando Gonçalves [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Discutiremos alguns modelos fenomenológicos baseados na QCD perturbativa que tentam descreve a seção de choque total hadrônica. Falaremos sobre as principais características dos espalhamentos hadrônicos, como o crescimento da seção de choque total com a energia devido ao aumento no número de jatos, e o decrescimento da seção de choque total a baixas energias. Mostraremos a inviabilidade do tratamento perturbativo de QCD para o cálculo da seção de choque total hadrônica. Estudaremos alguns espalhamentos hadrônicos no limite de baixas energias utilizando informações não-perturbativas das propriedades do sistema, tal como o fato do gluon adquirir massa dinâmica nesta região. Averiguando propriedades e modelos que procuram descrever a seção de choque total hadrônica, obteremos idéias suficientes para propor um modelo que descreva a seção de choque total hadrônica real
We discuss some phenomenological models based on perturbative QCD, that try to describe the total hadronic cross section. We comment on peculiarities of hadronic scattering, as the increase of cross section at high energies, as well as its decrease in low energies. Some of the problems of perturbative QCD to deal with the total cross section calculation are discussed. We discuss how non-perturbative QCD properties, as the generation of a dynamical gluon mass, can be introduced in the low energy limit of the total cross section calculation. Finally we propose a phenomenological way to modify the total hadronic cross section calculation with these non-perturbative information

Descrição

Palavras-chave

Fisica

Como citar

GARDIM, Fernando Gonçalves. Seções de choque totais hadrônicas e colisões entre partons. 2005. 63 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Instituto de Física Teórica, 2005.