Análise in vitro da alteração de cor, microdureza e rugosidade de resinas acrílicas oculares com ou sem glaze submetidas ao envelhecimento acelerado

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2016-08-26

Autores

Nagay, Bruna Egumi [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The ocular prosthesis is a treatment option for anophthalmic patients and must present aesthetic, physical and mechanical properties. This study aimed to evaluate the effect of a photopolymerized glaze on different properties of acrylic resin for ocular prosthesis. Forty discs (10 mm diameter x 3 mm thickness) were fabricated and randomly divided in 4 groups (n=10): N1 Acrylic resin without photopolymerized glaze (G1); Colorless acrylic resin without photopolymerized glaze (G2); N1 Acrylic resin with photopolymerized glaze (G3); Colorless acrylic resin with photopolymerized glaze (G4). All samples were polished sequentially with sandpapers (400, 600 and 800-grit). In G1 and G2, the sandpapers 1000 and 1200-grit was also used and finalized with diamond solution with felt disk. In G3 and G4, samples were coated with photopolymerized glaze MegaSeal. Different property analysis of color stability, roughness, surface microhardness and surface energy and assays of atomic force microscopy (AFM), scanning electron microscopy (SEM) and energy-dispersive spectroscopy (EDS) were performed before and after the accelerated aging, which were done for 1008 hours in an aging chamber. Data were submitted to the analysis of variance and Tukey's test was performed. The level of significance was set at p<0.05. The groups with photopolymerized glaze exhibited statistically higher color change and roughness values after the accelerated aging. Besides, through AFM and SEM, an increase of surface irregularities of all groups was also verified. The surface microhardness significantly decreased in groups with photopolymerized glaze and increased in groups without photopolymerized glaze. The surface energy increased after the accelerated aging, independently of the polishing procedure. The photopolymerized glaze is an inadequate...
A prótese ocular é uma opção de tratamento para pacientes anoftálmicos que deve apresentar propriedades estéticas, físicas e mecânicas adequadas. O presente trabalho teve o objetivo de compreender o efeito do glaze fotopolimerizável sobre diferentes propriedades de resinas acrílicas utilizadas na confecção de próteses oculares. Foram confeccionadas 40 amostras em forma de disco (10 mm x 3 mm) e distribuídas aleatoriamente em 4 grupos (n=10): Resina acrílica na cor N1 sem glaze fotopolimerizável (G1); Resina acrílica incolor sem glaze fotopolimerizável (G2); Resina acrílica na cor N1 com glaze fotopolimerizável (G3); Resina acrílica incolor com glaze fotopolimerizável (G4). O polimento das amostras foi realizado em diferentes granulações (n.400, n.600 e n.800) nas duas superfícies planas. Nos grupos G1 e G2, as lixas n.1000 e n.1200 e a solução diamantada em disco de feltro foram utilizadas adicionalmente. Nos grupos G3 e G4, as amostras foram recobertas com o verniz fotopolimerizável MegaSeal. Análises das propriedades de estabilidade de cor, rugosidade, microdureza superficial e molhabilidade, além de ensaios por meio de microscopia de força atômica (MFA), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e espectroscopia de energia dispersiva (EED) foram executados antes e após o envelhecimento acelerado das amostras, realizado por 1008 horas em câmara de envelhecimento. Os dados obtidos foram submetidos à Análise de Variância (ANOVA) e Teste de Tukey, com nível de significância de 5%. Os grupos recobertos com verniz fotopolimerizável apresentaram maior alteração de cor e de rugosidade após o envelhecimento. Além disso, por meio da MFA e MEV, foi verificado aumento da irregularidade de superfície das amostras de todos os grupos. A microdureza superficial diminuiu significativamente nos grupos...

Descrição

Palavras-chave

Olho artificial, Resinas acrílicas, Dureza, Cor, Propriedades de superfície, Eye, Artificial

Como citar

NAGAY, Bruna Egumi. Análise in vitro da alteração de cor, microdureza e rugosidade de resinas acrílicas oculares com ou sem glaze submetidas ao envelhecimento acelerado. 2016. 44 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2016.