Estudos da violência: uma análise sociológica dos contos de Machado de Assis

dc.contributor.advisorLahuerta, Milton [UNESP]
dc.contributor.authorSilva, Eliane da Conceição [UNESP]
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.date.accessioned2014-06-11T19:29:46Z
dc.date.available2014-06-11T19:29:46Z
dc.date.issued2008-10-21
dc.description.abstractEste trabalho visa a analisar formas de manifestação da violência como aspecto estruturante da sociedade brasileira do século XIX, a partir de três eixos: Escravidão, Patriarcalismo e Ciência. Tomando-se como referência a obra do escritor Machado de Assis e, mais especificamente sua obra como contista, empreendemos um estudo de dez de seus contos, os quais fornecem, por meio da representação crítica que o escritor faz da sociedade de sua época, elementos fundamentais para se investigar de que forma a violência exercida por meio da Escravidão, do Patriarcalismo e da Ciência aparece modelando as ações, relações e instituições sociais. Os contos escolhidos foram: “Virginius” (1864), “Mariana” (1871), “O relógio de ouro” (1873), “Folha rota” (1878), “Verba testamentária” (1882), “Conto alexandrino” (1883), “A causa secreta” (1885), “O caso da vara” (1891), “O enfermeiro” (1896) e “Pai contra mãe” (1905). Com isso, pretendemos contribuir tanto para uma interpretação da literatura como importante meio de crítica social quanto para uma melhor compreensão da obra de Machada de Assis, especialmente de seus contos.pt
dc.description.abstractThis work intends to analyze some ways on which violence manifests itself as a structuring aspect of the Brazilian society of 19th century, through three axes: Slavery, Patriarchy and Science. Taking as reference Machado de Assis’s work and, more specially, his work as a short stories writer, we have studied ten of his short stories which provide, through the critical representation that the writer does about his society, fundamental matters to research on how the violence due by Slavery, Patriarchy and Science appears shaping social actions, relations and institutions. The chosen short stories were: “Virginius” (1864), “Mariana” (1871), “O relógio de ouro” (1873), “Folha rota” (1878), “Verba testamentária” (1882), “Conto alexandrino” (1883), “A causa secreta” (1885), “O caso da vara” (1891), “O enfermeiro” (1896) e “Pai contra mãe” (1905). Thus, we intent to contribute to the literature interpretation as an important means to social criticism, as much as, to give a contribution to an accurate understanding of Machado de Assis’s work, especially his short stories.en
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
dc.format.extent195 f.
dc.identifier.aleph000571676
dc.identifier.capes33004030017P7
dc.identifier.citationSILVA, Eliane da Conceição. Estudos da violência: uma análise sociológica dos contos de Machado de Assis. 2008. 195 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2008.
dc.identifier.filesilva_ec_me_arafcl.pdf
dc.identifier.lattes9326718732298388
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/11449/98960
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade Estadual Paulista (Unesp)
dc.rights.accessRightsAcesso aberto
dc.sourceAleph
dc.subjectAssis, Machado de, 1839-1908pt
dc.subjectViolenciapt
dc.subjectEscravidãopt
dc.subjectCienciapt
dc.subjectViolenceen
dc.subjectPatriarchyen
dc.subjectScienceen
dc.titleEstudos da violência: uma análise sociológica dos contos de Machado de Assispt
dc.typeDissertação de mestrado
unesp.author.lattes9326718732298388
unesp.campusUniversidade Estadual Paulista (Unesp), Faculdade de Ciências e Letras, Araraquarapt
unesp.graduateProgramCiências Sociais - FCLARpt
unesp.knowledgeAreaSociologiapt
unesp.researchAreaCultura e ideologiapt

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
silva_ec_me_arafcl.pdf
Tamanho:
551.74 KB
Formato:
Adobe Portable Document Format