Plantas de cobertura e calagem na implantação do sistema plantio direto

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2012-08-01

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de plantas de cobertura e da calagem sobre a produtividade da soja e as características químicas do perfil do solo, após implantação do plantio direto. O experimento foi realizado em campo por dois anos, em Latossolo Vermelho‑Amarelo. A área era explorada como pastagem há cinco anos. Avaliaram-se três sistemas de cultivo: soja/pousio/soja, soja/Pennisetum glaucum/soja e soja/Urochloa ruziziensis/soja, com aplicação de calcário à dosagem de 0, 0,5, 1,0 e 2,0 vezes a quantidade necessária para elevar a saturação de bases (V) a 50%, na camada de 0-20 cm. O calcário foi incorporado ao solo, a 20 cm de profundidade, previamente à implantação dos sistemas de cultivo. Aos 490 dias após a calagem, foram coletadas amostras de solo das profundidades de 0-­10, 10-­20, 20-­40 e 40­-60 cm. Avaliaram-se o estado nutricional das plantas, as alterações das características químicas do solo e a produtividade da soja. As plantas de cobertura associadas à calagem promovem melhorias nos parâmetros de acidez do solo - sobretudo quando a dose aplicada é igual ou mais elevada do que a recomendada para V 50% -, e aumentam o teor foliar de P e a produtividade da soja, independentemente da calagem. Quanto maior a dose de calcário, maior é o avanço da frente alcalina no solo e a produtividade de grãos.
The objective of this work was to evaluate the effect of cover crops and liming on soybean yield and on soil chemical characteristics of soil profile, after the implementation of no‑tillage system. The experiment was carried out in the field, during two years, in a Typical hapludox. The area was explored as pasture for five years. Three cropping systems were evaluated: soybean/fallow/soybean, soybean/Pennisetum glaucum/soybean, and soybean/Urochloa ruziziensis/soybean, with lime application at doses 0, 0.5, 1.0 and 2.0 times the amount required to raise the saturation base (V) to 50% at the 0-20 cm layer. Lime was incorporated into the soil at 20‑cm depth before crop system implementation. At 490 days after liming, soil samples were taken from the depths 0-10, 10-20, 20-40, and 40-60 cm. Plant nutritional status, changes in soil chemical characteristics, and soybean yield were evaluated. Cover crops associated with liming improve soil acidity parameters - mainly when the applied dose is equal to or higher than the one recommended for V 50% -, and increase P foliar contents and soybean yield, regardless of lime. The higher the limestone rate, the greater is the move of the alkaline front in soil and the greater is the grain yield.

Descrição

Palavras-chave

Pennisetum glaucum, Brachiaria ruziziensis, acidez do solo, correção subsuperficial, sistema de produção, Pennisetum glaucum, Brachiaria ruziziensis, soil acidity, sub‑superficial correction, cropping systems

Como citar

Pesquisa Agropecuária Brasileira. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) Informação TecnológicaPesquisa Agropecuária Brasileira, v. 47, n. 8, p. 1158-1165, 2012.