Estudo anatômico do abdome do tamanduá-bandeira (myrmecophaga tridactyla linnaeus 1758) por tomografia computadorizada

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-07-04

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O Myrmecophaga tridactyla Linnaeus 1758 (Tamanduá-bandeira) é uma espécie ameaçada de extinção devido aos altos índices de atropelamentos e perda de habitat. Estudos de diagnóstico por imagem e anatômicos, são primordiais para instituir tratamento adequado e para conservação dessa espécie. Este estudo tem por objetivo proporcionar a identificação das estruturas abdominais do Tamanduá-bandeira nas imagens de TC e nos espécimes anatômicos, com o intuito de servir como material didático de consulta a fim de auxiliar médicos veterinários na rotina clínica. Foram obtidas imagens tomográficas do abdome de cinco Tamanduá-bandeira. Para ilustrar a anatomia macroscópica, foram utilizados 4 cadáveres da espécie Tamanduá-bandeira adultos, com causa mortis por atropelamento, para a confecção de fotos macroscópicas das estruturas internas do abdome. Foi possível identificar grande parte das estruturas anatômicas abdominais do Tamanduá-bandeira e as imagens macroscópicas permitiram uma visão mais ampla da anatomia topográfica facilitando a identificação dos órgãos nas imagens de TC.
The Giant anteater (Myrmecophaga tridactyla Linnaeus 1758) is an endangered species due to high rates of roadkill and habitat loss. Diagnostic imaging and anatomical studies are essential to institute adequate treatment and conservation of this species. This study aims to provide the identification of the abdominal structures of the giant anteater Giant anteater in computed tomography (CT) and macroscopic images, in order to serve as didactic material for consultation for veterinary assistants in clinical routine. Tomographic images of the abdomen of five Giant anteater were presented. To illustrate the macroscopic anatomy, four adult cadavers of the Giant anteater species, with cause of death due to being runned over, were used to describe the anatomical structures of the abdomen. It was possible to identify a large part of the abdominal anatomical organs of Giant anteater and the macroscopic images allowed a broader view of the topographic anatomy, facilitating the identification of organs on CT images.

Descrição

Palavras-chave

Xenarthra, Myrmecophagidae, Silvestres

Como citar