Avaliação da superfície do esmalte dentário por microscopia eletrônica de varredura após a remoção do bráquete e polimento

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-12-13

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Introdução: a preservação da estrutura de esmalte após a remoção dos acessórios ortodônticos é uma obrigação do clínico. Portanto, procura-se um protocolo de descolagem com bases científicas. Objetivou-se neste trabalho avaliar por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) a influência de quatro protocolos de remoção de bráquetes e polimento da superfície do esmalte e propor um protocolo que minimizasse os danos na superfície do esmalte. Material e método: doze incisivos permanentes bovinos foram divididos em quatro grupos de acordo com os instrumentos utilizados para a descolagem dos bráquetes e remoção do remanescente adesivo. Os bráquetes foram descolados com o alicate de descolagem reto (Ormco Corp.) nos grupos 1 e 2, e com o instrumento de descolagem Lift-Off (3M Unitek) nos grupos 3 e 4. Os remanescentes adesivos dos grupos 1 e 3 foram removidos com o alicate removedor de resina longo (Ormco Corp.) e dos grupos 2 e 4 com broca de carboneto de tungstênio (Beavers Dental) em alta-rotação com constante refrigeração de água. As superfícies, após cada etapa da descolagem e polimento, foram avaliadas em réplicas de resina epóxica e foram obtidas eletromicrografias com aumento de 50 e 200X em todos os grupos. Resultado: os quatro protocolos de remoção de acessórios ortodônticos e polimento ocasionaram irregularidades no esmalte. Conclusão: a remoção do bráquete com o alicate de descolagem reto, seguido da remoção do remanescente adesivo com broca de carboneto de tungstênio e polimento final com pasta de pedra-pomes foi o procedimento que ocasionou menores danos ao esmalte, sendo o protocolo sugerido para a remoção dos acessórios ortodônticos.
Introduction: the preservation of the enamel structure after the removal of the orthodontic accessories is an obligation of the clinical. Therefore, a protocol of debonding with scientific bases is searched. The aim of this work was to evaluate through Scanning Electronic Microscopy (SEM) the influence of four protocols of bracket s removal and polishing on the enamel and to recommend a protocol that minimized the damages to the enamel surface. Methods: twelve permanent bovine incisors were divided into four groups according to the instruments used to debond and remove of adhesive remnants. The brackets were removed with straight debonding pliers (Ormco Corp.) in the groups 1 and 2, and with Lift-Off debonding instrument (3M Unitek) in the Groups 3 and 4. The adhesive remnants in the groups 1 and 3 were removed with the adhesive removing pliers (Ormco Corp.) and in the groups 2 and 4 with high speed tungsten carbide bur with constant water refrigeration (Beavers Dental). The surfaces, after each step of debonding and polishing were evaluated in replicas of epoxy resin and were obtained electromicrographies with magnification of 50 and 200X in all groups. Results: the four removal protocols of orthodontic accessories and polishing caused irregularities to the enamel. Conclusion: the bracket s removal with straight debonding pliers, followed by the removal of the adhesive remnants with tungsten carbide bur and final polishing with pumice was the procedure that caused less damage to enamel, being the suggested protocol for removal of orthodontic accessories.

Descrição

Palavras-chave

Esmalte dentário, Microscopia eletronica de varredura, Ortodontia, Dental enamel, Microscopy electron scanning, Orthodontics

Como citar

PIGNATTA, Lilian Maria Brisque. Avaliação da superfície do esmalte dentário por microscopia eletrônica de varredura após a remoção do bráquete e polimento. 2006. 68 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2006.