Estudo da inibição da neurotransmissão glutamatérgica no hipocampo ventral sobre os parâmetros comportamentais e cardiovasculares basais induzidos pelo estresse crônico repetido

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-09

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

A tecnologia quimiogenética de Receptores projetados ativados exclusivamente por medicamentos projetados (DREADD) foi utilizada para silenciamento neuronal induzido por Clozapina-N-Óxido (CNO). Foram utilizados DREADD+ que é DREADD hM4D Gi-acoplado, fundido com mCherry sob o controle do promotor CaMKIIa (neurônio glutamatérgico) e DREADD- que é a proteína verde fluorescente sob controle do promotor CaMKIIa. Os resultados demonstraram que os animais DREADD+ tratados com veículo e submetidos ao estresse crônico de restrição repetido (CRS) apresentaram um aumento na PAM basal sem alterações na FC basal quando comparados com os animais que não foram estressados (naive). Os animais DREADD+ tratados com veículo ou CNO e submetidos ao CRS não apresentaram alterações nas atividades simpática e parassimpática cardíacas, e na FC intrínseca quando comparados com os animais naive. Além disso, os animais DREADD- tratados com veículo ou CNO e submetidos ao estresse agudo de restrição (RS) não apresentaram alterações na PAM e FC basais, atividades simpática e parassimpática cardíacas, e na FC intrínseca quando comparados com os animais naive. Os resultados mostraram também que os o animais DREADD+ tratados com veículo e que foram submetidos ao CRS apresentaram um aumento do tempo de permanência no centro da arena no teste do campo aberto bem como um queda do tempo na periferia da arena, sugerindo um efeito do tipo ansiolítico nos animais cronicamente estressados. O tratamento com CNO nos animais DREADD+ que foram submetidos ao CRS reverteu esse efeito no teste do campo aberto, sugerindo que a neurotransmissão glutamatérgica do hipocampo ventral (HV) medeia esse efeito do tipo ansiolítico nos animais cronicamente estressados. Os animais DREADD+ tratados com veículo ou CNO que foram submetidos ao CRS não apresentaram alterações no teste do labirinto em cruz elevado (LCE), no teste de esguicho de sacarose ou no teste do nado forçado (TNF) quando comparados com os animais naive. Os dados do presente estudo mostraram também que os animais DREADD- tratados com veículo e submetidos ao RS apresentaram uma redução no número de entradas nos braços abertos no teste do LCE quando comparados com os animais naive, sugerindo um efeito do tipo ansiogênico nos animais agudamente estressados. Os animais DREADD- tratados com veículo ou CNO submetidos ao RS não apresentaram alterações dos testes do campo aberto, do esguicho de sacarose e no TNF quando comparados com os animais naive. Diante dos presentes resultados, pode-se concluir que a neurotransmissão glutamatérgica do HV tem um papel facilitatório do efeito ansiolítico induzido pelo CRS. Além disso, também pode-se concluir que o estresse crônico causa um aumento da PAM basal e o estresse agudo causa um efeito do tipo ansiogênico.
Designed Receptors Exclusively Activated by Designed Drugs – DREADD’s chemogenetic technology was used for neuronal silencing induced by Clozapine-N-Oxide (CNO). DREADD+ which is Gi-coupled DREADD hM4D fused with mCherry under the control of the CaMKIIa promoter (glutamatergic neuron) and DREADD- which is the green fluorescent protein under control of the CaMKIIa promoter. The results showed that vehicle-treated DREADD+ animals that were submitted to repeated chronic restraint stress (CRS) showed an increase baseline MAP without changes in baseline HR when compared to animals that were not stressed (naive). Vehicle or CNO- treated DREADD+ animals that were submitted to CRS showed no changes in cardiac sympathetic and parasympathetic activities, and intrinsic HR when compared to naive animals. Besides, Vehicle or CNO-treated DREADD- animals that were submitted to acute restraint stress (RS) showed no changes in baseline MAP and HR, cardiac sympathetic and parasympathetic activities, and intrinsic HR when compared to naive animals. Vehicle-treated DREADD+ animals that were submitted to CRS showed an increase the time spent in the center of the arena as well as a drop in the time spent in the periphery of the arena, both observed in the open field test (OFT), suggesting an anxiolytic- like effect in chronically stressed animals. CNO treatment in DREADD + animals that underwent CRS reversed that effect, suggesting that ventral hippocampus (HV) glutamate neurotransmission mediates that anxiolytic-like effect in chronically stressed animals. Vehicle or CNO-treated DREADD+ animals that were submitted to CRS showed no changes in the elevated plus maze test (EPM) in the Splash test or Forced Swimming test (FST) when compared to naive animals. Data from the present study also showed that Vehicle-treated DREADD- animals submitted to RS showed a decrease in the number of open arm entries in the EPM test when compared to naive animals, suggesting an anxiogenic-like effect in acutely stressed animals. Vehicle-treated DREADD- animals submitted to RS showed no changes in OFT, Splash test and FST when compared to naïve animals. Given the present results, it can be concluded that the HV glutamate neurotransmission plays a facilitatory role in the anxiolytic-like effect induced by CRS. Furthermore, it can also be concluded that chronic stress causes an increase in baseline MAP and acute stress causes an anxiogenic-like effect.

Descrição

Palavras-chave

estresse de restrição, hipocampo, glutamato, DREADD, restraint stress, glutamatergic neuron, hippocampus

Como citar