Desta para a melhor: a presença das viúvas machadianas no Jornal das famílias

Imagem de Miniatura

Data

2014

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Machado de Assis's vast contribution throughout the 16 years in which the magazine Jornal das famílias, by Baptiste-Louis Garnier, was issued points out to a literary set, which disposes of about eighty distributed short stories, mostly seriate. Mainly addressed to a female audience reader, such narratives explore themes to please nineteenth century women, thus, having their focus mostly on subjects related to love and marriage. This research emphasizes the nuptial scenario explored by Garnier's printing in order to analyze Machado's work concerning widowhood and the possible freedom assumed by women within the social boundaries imposed by matrimony and by the paternalistic circumstance, characteristic of Brazilian society from the nineteenth century. Having the Jornal das famílias, in its full longevity, as basis for this study, Machado's 21 short stories were examined, all of which contained plots presenting widow characters who were relevant to the dramatic development of the text. Through the analysis of the bereaving female figures, it was possible to nuance the little widow's behavior by way of considering the explored facts in each narrative, Machado's attentive and critical eye, and also the conditions of the production circumscribed to the journal's current ideology. This proposal made use of the notion, presented by Cultural History, that the texts should be understood by means of the evaluation of supporting material. In order to do this research, it was essential the investigations carried on by the Sociology of Literature, by Machado's critical fortune, and also by the History of the nineteenth century Brazilian press. Finally, it is pertinent to add that, despite the conservatism preached by the Jornal, it was observed that Machado's widow figure takes up modulation spaces between the magazine's moralistic amenity and its critical mocking - even though...
A vasta contribuição de Machado de Assis ao longo dos 16 anos de circulação do periódico Jornal das famílias, de Baptiste-Louis Garnier, aponta para um conjunto literário que dispõe de cerca de oitenta contos veiculados, na maioria das vezes, de forma seriada. Majoritariamente endereçadas a um público leitor feminino, tais narrativas exploram temas capazes de satisfazer ao gosto das mulheres oitocentistas e, em vista disso, centram-se, em grande parte, em assuntos principalmente relacionados ao amor e ao casamento. Esta pesquisa enfatiza o cenário das núpcias exploradas pelo impresso de Garnier a fim de que se possa analisar, com maior destaque e propriedade, o trabalho feito por Machado no que concerne à temática da viuvez e à possível tomada de liberdade assumida pela mulher dentro dos limites sociais impostos pelo matrimônio e pela conjuntura paternalista característica da sociedade do XIX brasileiro. Para tanto, tendo como base de estudo o Jornal das famílias em toda a sua longevidade, foram examinados 21 contos machadianos em cujo enredo há a presença de personagens viúvas relevantes para o desenvolvimento dramático do texto. Por meio da análise das figuras femininas enlutadas, foi possível nuançar os comportamentos atribuídos às viuvinhas a partir da consideração dos fatos explorados por cada narrativa, pelo olhar atento e crítico de Machado e, também, pelas próprias condições de produção circunscritas à ideologia da folha periódica em pauta. Tal proposta valeu-se da noção apresentada pela História Cultural de que os textos devem ser compreendidos mediante a avaliação do suporte material. Para a realização desta pesquisa, também foram imprescindíveis as investigações feitas pela sociologia da Literatura, pela fortuna crítica machadiana e, ainda, pela história da imprensa oitocentista no Brasil. Por fim, cabe acrescentar que, apesar do...

Descrição

Palavras-chave

Literatura brasileira, Literatura - Historia e critica, Contos brasileiros, Machado de Assis

Como citar

SILVA, Jaqueline Padovani da. Desta para a melhor: a presença das viúvas machadianas no Jornal das famílias. 2014. 286 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas, 2014.