Respostas do sorgo sacarino a N, P e K. II. Características tecnológicas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

1982-01-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA)

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Foram conduzidos ensaios de campo utilizando-se duas cultivares de sorgo sacarino (Brandes e Rio) cultivadas em dois solos (Latossolo Roxo e Latossolo Vermelho-Escuro textura média), para estudo dos efeitos da aplicação de N, P e K sobre a produção de açúcar e de álcool. Foram avaliados os efeitos das adubações nos teores de sacarose, açúcares redutores, brix, fibra, e produção de álcool do sorgo sacarino. Os ensaios foram conduzidos no município de Barra Bonita, Estado de São Paulo. Com relação à produção de álcool por hectare, a cultivar Brandes respondeu positivamente ao N no LR e ao N e K no LEm, ao passo que a cultivar Rio não apresentou respostas significativas às adubações. As produções de álcool foram explicadas principalmente pelas produções de colmos, o que demonstra ser a produção de álcool por área uma função principalmente da quantidade de caldo produzido, desde que a cultivar apresente características tecnológicas dentro de um limite razoável. Considerando-se os locais e cultivares diferentes, os efeitos das adubações sobre os teores de sacarose, açúcares redutores e brix foram inconsistentes.

Descrição

Palavras-chave

Idioma

Português

Como citar

Pesquisa Agropecuaria Brasileira. Brasilia: Empresa Brasil Pesq Agropec, v. 17, n. 3, p. 385-391, 1982.

Itens relacionados

Financiadores