Efeito de doses de potássio na severidade da murcha-de-curtobacterium em cultivares de feijoeiro comum

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-06-01

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Grupo Paulista de Fitopatologia

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de doses de potássio (K) na severidade da murcha-de-curtobacterium em três cultivares de feijoeiro (IAC Carioca Pyatã, IPR 88 - Uirapuru e SCS 202 - Guará), em condições de casa-de-vegetação. Os tratamentos foram 135,0; 112,5; 90,0; 67,5 e 45,0 kg.ha-1 de K2O, na forma de cloreto de potássio. As avaliações ocorreram aos 5, 10, 15, 20 e 25 dias após a inoculação e foi estimada a área abaixo da curva de progresso da murcha-de-curtobacterium (AACPMC). Não foi verificada influência das doses de K2O na AACPMC e na quantidade de K na parte aérea de plantas das cultivares IAC Carioca Pyatã e IPR 88 - Uirapuru. Conforme o aumento das doses de K2O, somente houve incremento na massa da matéria seca das plantas não inoculadas da cultivar SCS 202-Guará.

Resumo (inglês)

The objective of this work was to evaluate the effect of potassium (K) levels in the bacterial wilt severity in three bean cultivars (IAC Carioca Pyatã, IPR 88 - Uirapuru and SCS 202 - Guará), under greenhouse conditions. The treatments were 135.0, 112.5, 90.0, 67.5 and 45.0 kg.ha-1 of K2O, using potassium chloride. The evaluations were performed at 5, 10, 15, 20 and 25 days after the inoculation and it was estimated the area under the bacterial wilt progress curve (AUBWPC). Neither the AUBWPC nor the K content in the aerial part of the IAC Carioca Pyatã and IPR 88 - Uirapuru cultivars were affected by the K2O levels. As K2O levels increased, the dry mass weight also increased, but only in the non-inoculated plants of the SCS 202-Guará cultivar.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Summa Phytopathologica. Grupo Paulista de Fitopatologia, v. 32, n. 2, p. 139-146, 2006.

Itens relacionados

Financiadores