Microclima e características agronômicas em diferentes espaçamentos e populações na cultura do milho

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-12-02

Orientador

Cazetta, Jairo Osvaldo

Coorientador

Pós-graduação

Agronomia (Ciência do Solo) - FCAV

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Objetivou-se avaliar a influência do espaçamento entre linhas e da densidade populacional sobre componentes microclimáticos e características agronômicas da cultura do milho. O experimento foi conduzido na safra 2007/2008, em condições de campo, em Latossolo Vermelho distrófico típico, textura média, A moderado, em Monte Aprazível, SP. O delineamento experimental utilizado foi o DBC, com sete tratamentos e quatro repetições, totalizando 28 unidades experimentais. Os tratamentos consistiram dos espaçamentos entre linhas de 40, 60, 80, 100, 120, 140 e 160 cm, correspondentes às densidades populacionais de 125.000, 83.300, 62.500, 50.000, 41.666, 35.714 e 31.250 plantas/ha. As variáveis microclimáticas avaliadas foram: temperatura do ar e do solo, umidade do ar e do solo, radiação fotossinteticamente ativa (RFA), atividades enzimáticas microbianas do solo (urease, fosfatase e desidrogenase). As variáveis agronômicas avaliadas foram: estatura de plantas, altura de inserção da primeira espiga, número de espigas por planta, diâmetro do colmo, acamamento e quebramento de plantas, nº de grãos na primeira espiga, massa de grãos na primeira espiga, massa de mil grãos, índice de colheita, massa seca de folhas, caules e grãos, concentração de macronutrientes e micronutrientes em folhas, caules e grãos. Com a redução do espaçamento entre linhas, de 160 a 40 cm, houve aumento da umidade do ar e do solo, da radiação fotossinteticamente ativa interceptada, do índice de área foliar, da atividade as urease no solo, da altura das plantas, da altura de inserção da primeira espiga e diminuição de diâmetro do colmo, do número de grãos por fileira, do número de grãos por espiga, da massa de mil grãos, da temperatura máxima do ar e do solo, da área foliar média e da área foliar total da planta e da massa seca de folhas e de grãos por planta...

Resumo (inglês)

The study aimed to evaluate the influence of row spacing and plant population on climatic components and agronomic variables of maize. The experiment was carried out in the agricultural year of 2007/2008 crop, under field conditions in a typical Oxisol, medium texture, moderate, in Monte Aprazível, SP. The experimental design was a complete randomized block, with seven treatments (row spacing) and four replications, totaling 28 experimental units. The following microenvironmental variables were evaluated: air and soil temperature, air and soil humidity, PHAR, soil microbial enzymatic activities (urease, phosphatase and dehydrogenase). The following Agronomic variables were evaluated: plant height, first ear height, number of ear per plant, stem diameter, lodging and breaking of plants, number of grains in the first spike, grain weight in the first spike, mass of thousand grain, yield index, dry mass of leaves, stems and grains, micronutrients and macronutrients in leaves, stems and grains. With the reduction in spacing, from 160 to 40 cm, observed an increase of air and soil humidity, intercepted PHAR, the leaf area index, the urease activity in soil, plant height, height insertion of the first spike and decreased stem diameter, number of kernels per row, the number of grains per spike, thousand grain mass, the maximum air and soil temperature, the average leaf area and leaf area plant and dry mass of leaves and seeds per plant. With the increased spacing of 40-100 cm we observed increase in minimum air temperature. With the increased spacing of 100-160 cm decreased the minimum air temperature. The reduction in spacing did not influence the activities of phosphatase and dehydrogenase in the soil, the number of spikes per plant, harvest index and stem dry mass. The plant height increased with increasing PAR and LAI.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

GUTIERREZ, Mariangela Alves. Microclima e características agronômicas em diferentes espaçamentos e populações na cultura do milho. 2010. xii, 64 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2010.