Efeito de géis fluoretados suplementados com nanopartículas de trimetafosfato de sódio sobre a remineralização de lesões de cárie e sobre o desgaste dental erosivo in vitro

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-03-02

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente estudo avaliou o efeito de géis fluoretados suplementados com Trimetafosfato de Sódio (TMP) sobre a remineralização de lesões de cárie artificial e sobre o desgaste erosivo do esmalte dental bovino in vitro. Para o 1º capítulo, blocos de esmalte (n=168) com lesões de cárie artificiais foram analisados por dureza de superfície (DS) e aleatoriamente divididos em 7 grupos (n=24/grupo), de acordo com os géis testados: Placebo (sem F/TMP), 4500 μg F/g (4500F), 9000 μg F/g (9000F), 4500F+2,5% TMP nanoparticulado (2,5% Nano), 4500F+5% TMP nanoparticulado (Nano 5%), 4500F+5% TMP microparticulado (Micro 5%) e 12300 μg F/g (Acidulado). Os blocos foram tratados uma única vez com os géis (1 minuto) previamente à ciclagem de pH (6 dias). Em seguida, foram determinadas a porcentagem de recuperação de DS (%RDS), a área integrada da lesão de subsuperfície (ΔKHN) e o conteúdo de flúor fortemente-ligado (F), CaF2, cálcio (Ca) e fósforo (Pi) formado (após a aplicação dos géis) e retido no esmalte (após a ciclagem de pH). Os dados foram submetidos a ANOVA e teste de Student-Newman-Keuls (p<0,05). Os grupos 2,5% Nano e 5% Micro alcançaram %RDS semelhante aos géis 9000F e Acidulado. Para ΔKHN, os maiores valores foram observados para os grupos Placebo e 5% Nano, e os menores, para 2,5% Nano, 5% Micro, 9000F e Acidulado. Todos os grupos tiveram valores semelhantes de CaF2 retido, exceto Placebo e Acidulado. Um aumento nas concentrações de Ca foi observado para os grupos com TMP nanoparticulado. Em relação ao Pi formado e retido, os grupos com TMP foram semelhantes ao 9000F e ao Acidulado. No 2º capítulo, blocos de esmalte (n=140) foram aleatoriamente distribuídos em 7 grupos, utilizando os mesmos géis e modo de aplicação descritos no 1º capítulo. Metade da superfície dos blocos foi protegida com esmalte ácido-resistente (área controle), expondo a outra metade ao tratamento com os géis e ao desafio erosivo (ERO) ou erosivo+abrasivo (ERO+ABR). Após a aplicação dos géis, todos os blocos (n=20/grupo) foram submetidos a ERO (imersão em ácido cítrico 0,05 M, pH 3,2, 90 segundos, 4 vezes/dia, 5 dias, sob agitação), enquanto metade dos blocos (n=10/grupo) foi adicionalmente submetida a escovação (15 segundos) após cada desafio erosivo (ERO+ABR). Os blocos foram analisados por perfilometria e dureza em secção longitudinal (perda da dureza em profundidade - ∆KHN). Os dados foram submetidos a ANOVA e teste de Fisher (p<0,05). Para ERO, o desgaste do esmalte associado a 2,5% Nano, 5% Nano e Acidulado foi significantemente menor que 4500F, enquanto que para ERO+ABR o menor desgaste de esmalte foi observado para 5% Nano. Entre os géis com TMP, os menores valores de ∆KHN foram observados para 2,5% Nano para ERO. Os resultados permitem concluir que a adição de TMP nanoparticulado a 2,5% ou TMP microparticulado a 5% ao gel 4500F aumentou significativamente a remineralização de lesões artificiais de cárie in vitro. Quanto ao efeito sobre o desgaste dental erosivo, a adição de 5% de TMP nanoparticulado ao gel 4500F produziu efeitos protetores superiores quando comparado ao TMP microparticulado.
The present study evaluated the effect of fluoride gels supplemented with sodium trimetaphosphate (TMP) on the remineralization of caries-like lesions and on erosive wear of bovine enamel in vitro. For the first chapter, enamel blocks (n=168) with caries-like lesions were evaluated by surface hardness (SH), and randomly divided into 7 groups (n=24/group), according to the tested gels: (a) Placebo (no F/TMP), 4,500 μg F/g (4500F), 9,000 μg F/g (9000F), 4,500F+2.5% nano-sized TMP (2.5% Nano), 4,500F+5% nano-sized TMP (5% Nano), 4,500F+5% micrometric TMP (5% Micro) and 12,300 μg F/g (Acid gel). Gels were applied on the blocks only once (1 minute) with the gels prior to the pH-cycling regimen (6 days). Following, the percentage of SH recovery (%SHR), integrated subsurface hardness area (ΔKHN), and firmly-bound fluoride (F), CaF2, calcium (Ca) and phosphorus (Pi) formed (after gels application) and retained (after pH cycling) in/on enamel were determined. Data were submitted to ANOVA and Student-Newman-Keuls test (p<0.05). The 2.5% Nano and 5% Micro groups reached %SHR similar to the 9000F and acid gel. For ΔKHN, the highest values were observed for the Placebo and Nano 5% groups, and the lowest, for 2.5% Nano, Micro 5%, 9000F and Acid gel. All groups had similar values of CaF2 retained on enamel, except Placebo and Acid gel. An increase in Ca concentrations was observed for the groups treated with nano-sized TMP. Regarding Pi formed and retained, groups treated with TMP were similar to 9000F and Acid gels. In the second chapter, the enamel blocks (n=140) were randomly divided in 7 groups, using the same gels and mode of application described in the first chapter. Half of the blocks’ surface was protected with acid-resistant varnish (control area), exposing the other half to the treatment with gels and to erosive (ERO) or erosive+abrasive (ERO+ABR) challenges. After treatment with the gels, all blocks (n=20/group) were submitted to ERO (immersion in 0.05 M citric acid, pH 3.2, 90 seconds, 4 times/day, 5 days, under agitation), while half of the blocks (n=10/group) was additionally subjected to brushing (15 seconds) after each erosive challenge (ERO+ABR). The blocks were evaluated by profilometry and cross-sectional hardness (integrated hardness loss in depth - ΔKHN). Data were submitted to ANOVA and Fisher’s test (p<0.05). For ERO, enamel wear associated with 2.5% Nano, 5% Nano and Acid gels was significantly lower than 4500F, whereas for ERO+ABR the lowest enamel wear was observed at 5% Nano. Among the TMP gels, the lowest ΔKHN values were observed at 2.5% Nano under ERO conditions. The results allow to conclude that the addition of 2.5% nano-sized TMP or 5% micrometric TMP to the 4500F gel significantly increased the remineralization of artificial caries lesions in vitro. As for the effect on erosive tooth wear, the addition of 5% nano-sized TMP to the 4500F gel produced superior protective effects when compared to micrometric TMP.

Descrição

Palavras-chave

Esmalte dentário, Flúor, Fosfatos, Desmineralização do dente, Erosão dentária, Dental enamel, Fluoride, Phosphates, Tooth demineralization, Dental erosion

Como citar