Digestibilidade aparente, pela tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), de alimentos extrusados

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2006-02-21

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

São escassos os valores de digestibilidade de aminoácidos dos alimentos para a tilápia do Nilo, apesar de ser uma das espécies mais cultivadas mundialmente. Desta forma, determinou-se, com a tilápia do Nilo, os coeficientes de digestibilidade aparente dos aminoácidos e da proteína de oito alimentos protéicos: farinha de peixe, farinha de carne e ossos, farinha de vísceras de aves e, farinha de penas, farelo de soja, farelo de algodão-28, farelo de algodão-38 e, glúten de milho-60. Os alimentos foram incorporados a uma dieta prática referência na relação 7:3 (70,0% de dieta referência e 30,0% do alimento teste). Entre os alimentos de origem animal, a farinha de vísceras (89,73%) e a farinha de peixe (88,60%) apresentaram os maiores valores de digestibilidade aparente da proteína (DaP), enquanto a farinha de carne e ossos (78,44%) e a farinha de penas (78,52%) apresentaram os menores valores de DAP. Entre os alimentos de origem vegetal, o glúten de milho-60 (91,39%) e o farelo de soja (92,44%) apresentaram os maiores valores de DAP, enquanto o farelo de algodão-28, o menor valor (78,59%). A digestibilidade média aparente dos aminoácidos do farelo de soja, glúten de milho, farelo de algodão-28, farelo de algodão-38, farinha de peixe, farinha de carne e ossos, farinha de vísceras e farinha de penas, foi respectivamente, 92,33; 89,56; 73,45; 80,71; 88,89; 84,44; 91,24 e 79,71%, o qual se mostrou similar ao valor obtido para a digestibilidade da proteína.

Descrição

Palavras-chave

Peixe - Criação, Tilapia (Peixe), Peixe - Alimentação e rações, Peixe - Nutrição, Nutrição - Avaliação, Nutritional value, Fish nutrition, Feed evaluation

Como citar

GUIMARÃES, Igo Gomes. Digestibilidade aparente, pela tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), de alimentos extrusados. 2006. v, 65 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2006.