Centralidade urbana e comércio informal: os novos espaços de consumo no centro de Anápolis-GO

Imagem de Miniatura

Data

2006-08-07

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Este trabalho visa a analisar os novos espaços de consumo na área central de Anápolis, no Estado de Goiás a partir do comércio informal, uma vez que há uma interação entre os diversos espaços produzidos no meio urbano, contribuindo assim, para uma interpretação das práticas existentes na cidade. Nesta perspectiva, discutimos o uso e apropriação de algumas ruas no centro pelos camelôs e ambulantes, além do camelódromo e de um shopping popular que por sua vez comercializa produtos que são adquiridos pelas pessoas que circulam nesses espaços, levando-se em consideração o consumo que cria e recria uma realidade que vislumbra as formas e funções da e na cidade como o espetáculo da (re)produção do capital e como elementos articulados ao processo de (re)produção do espaço urbano em cidades de médio porte. Partimos da idéia de que o centro principal e tradicional redefine seus usos tomando como base as estratégias de localização das atividades ditas informais no seu interior, reafirmando a centralidade urbana expressa no contexto de relações preexistentes, visto que as singularidades das funções envolvem uma avaliação das novas formas de comercialização do setor terciário. Realizamos uma análise desenvolvida mediante o levantamento e revisão bibliográficos, pesquisa de campo e análise dos dados para a compreensão da dinâmica do centro da cidade de Anápolis a partir da atuação do comércio informal.
This work seeks to analyze the new consumption spaces in the central area of Anápolis, in the state of Goiás starting from the informal trade, once there is an interaction among the several spaces produced in the urban way, so contributing, for an interpretation of the existent practices in the city. In this perspective, we discussed the use and appropriation of some streets in the center by the street-fakers and travelings besides the street-fakers place and a popular shoppings that for its time markets products that are acquired by the people that circulate in those spaces, being taken in consideration the consumption that creates and (re)creates a reality that shimmers the forms and functions of the and in the city as the show of the capital (re)production and as articulated elements to the process of (re)production of the urban space in medium load cities. We started of the idea that the main and traditional center redefine its uses, taking as base the location strategies of the said informal activities in this interior, reaffirming the centrality expressed in the context of the preexistents relationships, because the singularities of the functions involve an evaluation of the new commercialization ways of the tertiary sector. We accomplished an analysis developed by means of the rising and bibliographical revision, field research and data analysis for the understanding of Anápolis downtown dynamics starting from the informal trade performance.

Descrição

Palavras-chave

Geografia, Setor terciario - Anápolis (GO), Informal trade, Anápolis, Tertiary sector, Urban centrality, Urban spaces, Consumption

Como citar

MONTESSORO, Cláudia Cristina Lopes. Centralidade urbana e comércio informal: os novos espaços de consumo no centro de Anápolis-GO. 2006. 332 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2006.