Teste sensorial quantitativo no estudo da sensibilidade dentária decorrente de tratamentos clareadores

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-06-06

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Depois de reconhecido como uma terapia esteticamente eficaz, o clareamento dental tem sido comumente procurado pela maioria dos pacientes na busca por um sorriso mais harmonioso e agradável. No entanto, o surgimento da sensibilidade dentária em decorrência do uso de peróxidos faz com que muito pacientes tornem-se insatisfeitos com o tratamento clareador. Neste contexto, estudos relacionados a essa sintomatologia são frequentes, porém, baseados em metodologias limitadas e imprecisas. Por isso, torna-se necessário empregar um método recente no campo odontológico a fim de enriquecer cientificamente as análises de sensibilidade dentária. Objetivos: Assim, o presente estudo objetivou analisar e quantificar a ocorrência de sensibilidade dentária por meio do Teste Sensorial Quantitativo (QST) com a utilização de um equipamento de análise neurosensorial em diferentes momentos do tratamento clareador e mesmo após o uso de dessensibilizantes. Além disso, relacionar o limiar de sensação dos pacientes com tal ocorrência para que se estabeleça um protocolo de indicação individual adequado. Materiais e Métodos: Inicialmente, sessenta voluntários foram divididos em 4 grupos de acordo com o limiar de sensação da pele (baixo - GI e GIII e alto - GII e GIV), classificado por meio do QST, e o tratamento clareador (peróxido de hidrogênio - GI e GII e placebo - GIII e GIV). A sensibilidade dental mensurada por meio do QST, em 10 tempos de estudo. Como estudo complementar, foi realizada a segunda etapa desta pesquisa, onde os dez pacientes restantes receberam o tratamento clareador com peróxido de hidrogênio a 35% (Whiteness HP Maxx) e após a sessão clareadora foi realizada a aplicação de um dessensibilizante tópico no hemiarco esquerdo da maxila. No hemiarco direito foi aplicada uma solução salina a temperatura ambiente (controle). O QST foi realizado...
After being considered as an esthetically efficient technique, dental bleaching has been frequently sought by patients that look forward to a harmonious and pleasant smile. Nevertheless, dental sensitivity due to the use of peroxides makes patients become very unsatisfied with the bleaching treatment. In this context, studies related to this issue are very common, but based on limited and inaccurate methodologies. Therefore, we improved a recent method in dentistry in order to contribute to the enrichment of these scientific analyses. Objectives: Hence, the present study aimed to perform a Quantitative Sensory Testing (QST), using a neurosensory analyzer to verify and quantify the occurrence of dental sensitivity, in different periods of evaluation, during bleaching treatment and after the use of a desensitizer agent. Additionally, we related the patients' sensation threshold with this occurrence in order to establish an appropriate personal protocol statement. Materials and Methods: Seventy volunteers were criteriously selected and sixty from them were divided into 4 study groups according to the skin cold sensation threshold (low - GI and GIII and high - GII and GIV), obtained using QST, and the bleaching treatment (hydrogen peroxide - GI and GII and placebo - GIII e GIV). After the classification according to the skin cold sensation threshold, bleaching treatment was performed and dental cold sensation threshold was measured using QST in 10 different times. As a complementary study, we conducted the second part of this research. Ten patients underwent bleaching treatment using 35% hydrogen peroxide (Whiteness HP Maxx). After the bleaching session, a topical desensitizer was applied to the teeth of the left maxillary hemi-arch. A saline solution at ...

Descrição

Palavras-chave

Peróxido de hidrogênio, Clareamento dental, Sentidos e sensações, Pesquisa quantitativa, Hydrogen peroxide

Como citar

RAHAL, Vanessa. Teste sensorial quantitativo no estudo da sensibilidade dentária decorrente de tratamentos clareadores. 2013. 96 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2013.