Avaliação do diagnóstico e estratégias de marketing aplicadas na associação dos apicultores da região de Botucatu

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Trabalho apresentado em evento

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Introdução. A produção de mel vem se apresentando como um dos principais mercados de produtos florestais não madeireiros e contribuindo para o desenvolvimento econômico sustentável do meio rural de muitos municípios brasileiros, a exemplo de Botucatu, no Estado de São Paulo. O apelo à sustentabilidade e aos hábitos alimentares mais saudáveis estimula a demanda por produtos apícolas. O desenvolvimento das atividades produtivas dentro os associação contribui positivamente para os resultados, em especial, os econômicos, dos produtores. Objetivos. O projeto se propõe a elaborar um diagnóstico e, a partir disto, estratégias de marketing para o fortalecimento da Associação de Apicultores de Botucatu. Métodos e Resultados. Foram propostas visitas técnicas às propriedades rurais e reuniões com os associados para aplicar questionários quali-quantitativos e identificar, sistematizar e analisar as principais informações (visão, missão, análise do ambiente, estratégias e plano de ação) relacionadas ao planejamento estratégico e às estratégias de marketing da Associação de Apicultores da região. Para tanto, propôs-se o método SWOT para a análise dos pontos fortes (Strong) e fracos (Weak), no âmbito interno da organização e, com respeito ao ambiente externo, as oportunidades (Opportunities) e ameaças (Threats). Contudo, já na primeira reunião técnica foram identificados pontos que demandaram uma urgente ação estratégica: (i) preferência dos apicultores pela produção de mel silvestre em detrimento do mel de florada de Eucalipto, Laranja e Cana-de-açúcar; (ii) necessidade de uma aproximação, por conta da questão do incremento do pasto apícola nativo, dos apicultores (incremento da área de mata nativa como pasto apícola) e dos proprietários rurais (recuperação ambiental das áreas de preservação permanente e de reserva legal, bem como, enriquecimento dos remanescentes florestais dos biomas Cerrado e Mata Atlântica); (iii) necessidade de aprimorar a cooperação entre os apicultores e os produtores de Eucalipto, Laranja e Cana-de-açúcar por conta das práticas tanto agrícolas (por parte destes) quanto apícolas (por parte daqueles) nas matas nativas adjacentes; (iv) necessidade de inovações tecnológicas sustentáveis (produtos, serviços, processos, marketing ou práticas organizacionais), a exemplo do desenvolvimento de produtos tais como "mel silvestre com florada de Pequi". Em consequência disto, foi proposta uma reunião com a Presidente do Conselho Gestor da APA de Botucatu (ainda não realizada) para discussão destas questões e, posteriormente, continuidade do projeto.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

CONGRESSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, 7., 2013, Águas de Lindólia. Anais... São Paulo: PROEX; UNESP, 2013, p. 09644

Itens relacionados

Financiadores