Turnover do carbono-13 em tecidos de frangos de corte pelo método de linearização

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014-07-11

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

The present study was aimed to determine the turnover of carbon in the blood, plasma, pectoral muscle and liver in broilers, through analysis of isotopic carbon ratios, using the 13C natural variation between plants of different photosynthetic cycle. We used 150 male broilers chicks (Cobb) of one day old, casually distributed in experimental shed. All birds were fed a diet based on corn and soybean meal (predominantly C4) for the first 48 days of life and, at 49 days of age, when there was a lower rate of growth of the animals began to receive diet consisting of rice and soybean (predominantly C3). To measure quantatively the carbon rate substitution of the diets on the birds tissues (turnover), was performed linearization of the data and linear regression. The half-life found in pectoral muscle, liver, blood and plasma were, respectively: 14,4; 2,7; 12,1 and 2,9 days. For the blood has not been possible to determine the amount of pools, the muscle, liver and plasma presented two pools and the first pool was quicker shifts. The percentage contribution of the 1° and 2 ° metabolic pool were, respectively: 44 and 56 for muscle, 76 and 24 for liver and the plasma 87 and 13%. The model defined for calculating of the general half-life is viable for stable isotope data, showing higher reliability in the technique used for linearization
O presente estudo teve como objetivo determinar o turnover do carbono no sangue, plasma, músculo peitoral e fígado de frangos de corte, através de análise das razões isotópicas do carbono, utilizando-se a variação natural do carbono-13 existente entre as plantas de ciclo fotossintético distintos. Foram utilizados 150 pintos de corte machos (Cobb) de um dia de idade, casualmente distribuídos em galpão experimental. Todas as aves foram submetidas a uma dieta a base de milho e farelo de soja (predominantemente C4) do primeiro aos 48 dias de vida e, aos 49 dias de idade, quando observou-se taxa de crescimento menor dos animais, passaram a receber a dieta composta por arroz e farelo de soja (predominantemente C3). Para mensurar quantativamente a velocidade de substituição do carbono das dietas nos tecidos das aves (turnover), foi realizada a linearização dos dados e regressão linear. A meia-vida encontrada no peito, fígado, sangue e plasma foram, respectivamente: 14,4; 2,7; 12,1 e 2,9 dias. Para o sangue não foi possível determinar a quantidade de pools, o tecido muscular, fígado e plasma apresentaram dois pools sendo que o primeiro pool teve trocas mais rápidas. A porcentagem de contribuição do 1° e 2° pool metabólico foram, respectivamente: 44 e 56 para o músculo, 76 e 24 para o fígado e para o plasma 87 e 13%. O modelo definido para o cálculo da meia vida geral é viável para dados de isótopos estáveis, apresentando maior confiabilidade na técnica utilizada para linearização

Descrição

Palavras-chave

Carbono 13, Ave domestica - Criação, Ave domestica - Alimentação e rações, Isótopos estáveis, Stable isotopes

Como citar

RUSSO, Jessica Conteçote. Turnover do carbono-13 em tecidos de frangos de corte pelo método de linearização. 2014. 60 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, 2014.