Efeito de flavonoides EGCG e taxifolina na viabilidade e migração de fibroblastos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-08-29

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Compostos bioativos naturais estão sendo estudados em busca de princípios ativos que possam compor os curativos de demora. Eles poderiam auxiliar na eliminação da microbiota residual, sem causar toxicidade aos tecidos remanescentes e permitir a regeneração tecidual natural. Flavonoides são metabólitos secundários de plantas que tem apresentado grande amplitude terapêutica como ação antimicrobiana, antioxidante, anti-inflamatória, entre outras. Assim, o objetivo deste estudo foi avaliar o efeito dos flavonoides taxifolina e epigalocatequina-3-galato (EGCG) sobre a viabilidade e migração de fibroblastos. Fibroblastos da linhagem L3T3 foram expostos a concentrações decrescentes (1, 0,5, 0,25, 0,125, 0,0625, 0,0312, e 0,015 mg/mL) dos flavonoides e do controle hidróxido de cálcio por 24h e determinada a viabilidade e migração celular pelo método da resazurina e de Coomassie. Os resultados foram avaliados estatisticamente considerando p<0,05. A viabilidade celular foi superior a 80% para os compostos taxifolina, EGCG e hidróxido de cálcio, a partir das concentrações de 1mg/mL, 0,5 mg/mL e 0,125 mg/mL, respectivamente. EGCG e taxifolina apresentaram efeito similar sobre a migração dos fibroblastos, porém inferior ao hidróxido de cálcio. Conclui-se que os flavonoides taxifolina e EGCG foram citocompatíveis e não influenciaram a migração de fibroblastos nas concentrações mais baixas estudadas.
Natural bioactive compounds have been studied in order to search for active principles that can compose endodontic dressings. These materials could promote the elimination of residual microbiota, without causing toxicity to the remaining tissues and allowing natural tissue regeneration. Flavonoids are secondary metabolites of plants that have shown great therapeutic range as antimicrobial, antioxidant, anti-inflammatory, among others. Thus, the aim of this study was to evaluate the effect of the flavonoids taxifolin and epigallocatechin-3-gallate (EGCG) on fibroblast viability and migration. L3T3 lineage fibroblasts were exposed to decreasing concentrations of flavonoids (1, 0,5, 0,25, 0,125, 0,0625, 0,0312, e 0,015 mg/mL), isolated for 24h and cell viability and migration was determined by the resazurin and Coomassie methods. The results were statistically evaluated considering p<0.05. Cell viability was higher than 80% for the compounds taxifolin, EGCG and calcium hydroxide, at concentrations of 1mg/mL, 0.5 mg/mL and 0.125 mg/mL, respectively. EGCG and taxifolin had a similar effect on fibroblast migration, but less than calcium hydroxide. It is concluded that the flavonoids taxifolin and EGCG were cytocompatible and had no effect on migration of fibroblasts in the lowest tested concentrations.

Descrição

Palavras-chave

Flavonoides, Sobrevivência celular, Movimento celular, Flavonoids

Como citar