Conservação de raízes de batata-doce em função do parcelamento da adubação potássica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2014

Orientador

Coorientador

Pós-graduação

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Tipo

Artigo

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (inglês)

For the purpose of evaluating the quality of the sweet potato, variety “Uruguaiana”, subjected to storage and parceling of potassium (60 kg ha-1 ), an experiment was carried at the University Estadual Júlio de Mesquita Filho, from march to july 2014. The experimental design used was one of randomized blocks, with a factorial scheme of 3 x 3, using three storage period (0; 7 and 14 days) and three K fertilization splitting (100% at planting; 50% at planting and 30 days after planting (DAP); 25% at planting and 75% at 30 DAP), with four replicates. The following variables were evaluated: soluble solids, titulable acidity, pH and water lost. The split application of K fertilization influenced of soluble solids and storage favored every characteristics evaluated in tuberoses roots cv. Uruguaiana.

Resumo (português)

Com o objetivo de avaliar a qualidade da batata-doce, cultivar Uruguaiana, submetida à adubação potássica utilizando 60 kg ha-1 e conservação em temperatura ambiente, instalouse um experimento, no período de março a julho de 2014, na Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 3, com três parcelamentos do K (100% no plantio; 50% no plantio e 50% aos 30 dias após plantio (DAP); 25% no plantio e 75% aos 30 DAP) com três período de armazenamento (0; 7 e 14 dias), com quatro repetições. As características avaliadas foram: acidez titulável, sólidos solúveis, pH e perda de massa. O período de armazenamento influenciou em todas as características avaliadas nas raízes de reserva da cv. Uruguaiana. Porém, o parcelamento da adubação potássica influenciou apenas nos teores de sólidos solúveis das raízes tuberosas.

Descrição

Idioma

Português

Como citar

Revista Raízes e Amidos Tropicais, v. 10, p. 65-73, 2014.

Itens relacionados

Financiadores