Ocorrência de Bacillus cereus em leite comercializado nos estados do Paraná, Santa Catarina e São Paulo

Resumo

Bacillus cereus is a bacterium that arouses great concern on dairy sector. Its psychrotrophic and thermoduric behavior confers great spoiling potential and its pathogenicity is extremely worrynig to public health. This study evaluated the presence of B. cereus in 260 samples, from which 100 was pasteurized milk, 110 was UHT milk and 50 was milk powder. The techiques used were both quantitative (direct plating) and qualitative (selective enrichment) methods. 19% of pasteurized milk samples evaluated by the quantitative method were positive for B. cereus, with an average contamination of 1.25 (± 0.27) log CFU/ml. For milk powder, 16% of the samples was positive for this microorganism, with an average of 2.00 (± 0.36) log CFU/g. UHT milk samples did not show results within the detection limit of the direct plating method (> 1 log CFU/ml). Regarding the qualitative method, 24% of the pasteurized milk samples, 34% of milk powder and 16.4% of UHT milk was positive for B. cereus. There was no significant difference (P <0.05) by quantitative and qualitative methods for pasteurized milk and milk powder samples. The results concludes that, even in small amounts, B. cereus is present in processed dairy products, either in high temperature processes (UHT) and dried (powder milk) and pasteurized milk.
Bacillus cereus é uma bactéria que desperta grande preocupação do setor laticinista. A combinação das características termodúrica e psicrotrófica denota seu grande potencial deteriorante, além do perigo que representa à saúde pública por ser bactéria patogênica. A presença de B. cereus foi avaliada em 260 amostras, sendo 100 de leite pasteurizado, 110 de leite ultra high temperature (UHT) e 50 de leite em pó, pelo método quantitativo (plaqueamento direto) e pelo método qualitativo (enriquecimento seletivo). Das amostras de leite pasteurizado avaliadas pelo método quantitativo, 19% foram positivas para B. cereus, com média de 1,25 (±0,27) log unidades formadoras de colônias (UFC)/ml. Para o leite em pó, 16% das amostras foram positivas, com média de 2,00 (±0,36) log UFC/g. O leite UHT não apresentou resultados dentro do limite de detecção do método de plaqueamento direto (>10 UFC/ml) para nenhuma das amostras avaliadas. Pelo método qualitativo 24% das amostras de leite pasteurizado, 34% de leite em pó e 16,4% de leite UHT foi positiva para B. cereus. Para as amostras de leite pasteurizado e leite em pó não houve diferença significativa (P>0,05) na positividade entre os métodos quantitativo e qualitativo. Os resultados do presente trabalho ressaltam que, mesmo em pequenas quantidades, B. cereus está presente não apenas em leite pasteurizado, mas também em produtos lácteos processados a altas temperaturas (leite UHT) e desidratados (leite em pó).

Descrição

Palavras-chave

Bacillus, Dairy products, Food contamination, Bacillus, Laticínios, Contaminação de alimentos

Como citar

UNOPAR Científica. Ciências Biológicas e da Saúde, v. 14, n. 3, p. 155-158, 2012.