O realismo mágico e seus desdobramentos em romances de José Saramago

Imagem de Miniatura

Data

2011-05-03

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

O presente estudo tem como objetivo principal apresentar os desdobramentos do realismo mágico numa análise de A jangada de pedra (SARAMAGO, 2006) e em leituras de As intermitências da morte (SARAMAGO, 2005) e Ensaio sobre a cegueira (SARAMAGO, 2007), em que o procedimento literário em questão – tendo em conta a figura do narrador – adquire uma função dialógica, que se dá por meio de referências intertextuais com mitos, lendas e outras formas de narrativa da tradição literária ocidental. A análise literária baseia-se nas concepções de Gerárd Genette e outros autores sobre o narrador; para a concepção de realismo mágico, utilizamos essencialmente as reflexões de Irlemar Chiampi e Willian Spindler; no que diz respeito aos diálogos promovidos pela intertextualidade, recorremos aos conceitos propostos por Mikhail Bakhtin, Lauren Jenny e Lucien Dällembach. De posse destes e de outros estudos da teoria da narrativa, analisamos os textos literários, com a preocupação de identificar elementos que inserem os romances mencionados na perspectiva do realismo mágico, procedendo também à reflexão sobre o diálogo que o autor português realiza com a literatura hispano-americana por meio desse procedimento, procurando compreender o processo de construção dos romances pelo viés da narrativa mágica e suas contribuições para a literatura contemporânea
This study aims to present the features of magical realism in an analysis of A jangada de pedra (SARAMAGO, 2006) and in readings of As intermitências da morte (SARAMAGO, 2005) and Ensaio sobre a cegueira (SARAMAGO, 2007), in which that narrative procedure – taking into account the narrator – acquires a dialogical function, that comes to the fore through intertextual references about myths, legends and other forms of the Western literary tradition. The literary analysis is based on the ideas of Gerárd Genette and other authors about the narrator; for the concept of magical realism, we use essentially the reflexions of Irlemar Chiampi and William Spindler; as for the dialogues induced by the intertextuality, we make reference to the concepts proposed by Mikhail Bakhtin, Lauren Jenny and Lucien Dällembach. Using those and other studies of narrative theory, we analyze Saramago‟s texts, bearing ever in mind the need to identify elements that insert those novels in the perspective of magical realism, proceeding also to reflect about the dialogue the Portuguese author creates with the Spanish-American literature through this procedure, aiming to understand the process of novel building through the lens of magical narrative and its contributions to contemporaneous literature

Descrição

Palavras-chave

Saramago, José, 1922-2010, Literatura portuguesa, Realismo mágico, Portuguese literature, Magical realism, Intertextuality

Como citar

LOPES, Tania Mara Antonietti. O realismo mágico e seus desdobramentos em romances de José Saramago. 2011. 128 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2011.