Análise do processo de reparo ósseo de cavidades cirúrgicas preenchidas com osso autógeno e recobertas por membrana de matriz óssea homógena e de politetrafluoretileno em ratos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2011-08-12

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Proposição: O objetivo deste trabalho foi avaliar, qualitativa e quantitativamente, o comportamento da membrana de matriz óssea homógena desmineralizada e conservada em glicerinae e membrana de Ptfe no processo de reparo ósseo de cavidades cirúrgicas preenchidas com osso autógeno realizadas em tíbias de ratos Material e Métodos: Foram utilizados 60 ratos (Rattus norvegicus albinus, Wistar) machos, com aproximadamente 250 gramas divididos em três grupos: o grupo I (Controle-sem membrana), grupo II (membrana homógena) e grupo III (membrana de ptfe). Após tricotomia, anestesia e antissepsia foi realizada uma incisão longitudinal nas regiões antero-laterais de cada tibia. Após exposição das tíbias, duas cavidades cirúrgicas de 2mm de diâmetro foram preparadas com trefina em baixa-rotação refrigerada, uma no membro posterior esquerdo e outra no membro posterior direito, sendo a primeira preenchida com o osso autógeno particulado coletado durante a realização das duas cavidades e recobertas pelas membranas utilizadas no estudo. Aos 10 e 60 dias pós-operatórios os animais foram eutanaziados e as peças obtidas foram processadas laboratorialmente para a realização de cortes semi-seriados com seis micrômetros de espessura e corados pela hematoxilina e eosina para análise histomorfométrica. Resultados e Conclusão: A membrana homógena mostrou-se biocompatível e cumpriu sua função e em termos de área óssea neoformada as membranas obtiveram desempenho semelhantes
Purpose: The aim of this study was to evaluate the behavior of membrane of a demineralized homogenous bone matrix and preserved in glycerin and the Ptfe membrane in the process of bony repair of surgical cavities filled out with autogenous bone accomplished in tibias rats. Materials and Methods: Sixty male rats weighing approximately 250 g were selected and assigned to two groups, as follows. Group I (without membrane), Group II (homogenous membrane) and Group III ( Ptfe membrane). After anesthesia, shaving and antisepsis, a longitudinal incision was made in the anterolateral areas of each tibia. After exhibition of the tibias, two surgical cavities of 2mm of diameter were prepared with trefina in refrigerated low-rotation, one in the left posterior member, other in the right subsequent member, being the first filled out with particulate autogenous bone collected during the accomplishment of the two cavities and covered with the membrane. Ten and sixty days postoperatively, the animals were euthanized and the anatomical pieces were submitted to routine laboratorial processing and serially sectioned to obtain 6-μm-thick sections, which were stained by hematoxylin and eosin for histomorphometric analysis. Results and Conclusions: The homogenous membrane proved to be biocompatible and fulfilled its function and in terms of bone area formation membranes had similar performance

Descrição

Palavras-chave

Transplante homologo, Regeneração tecidual guiada, Guided tissue regeneration

Como citar

BORRASCA, Albanir Gabriel. Análise do processo de reparo ósseo de cavidades cirúrgicas preenchidas com osso autógeno e recobertas por membrana de matriz óssea homógena e de politetrafluoretileno em ratos. 2011. 49 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2011.