Avaliação de diferentes programas de restrição alimentar para matrizes pesadas

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2013-02-25

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Em matrizeiros é comum a utilização de regimes de restrição alimentar para o controle de peso das aves. Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos que diferentes programas de restrição alimentar têm sobre matrizes de corte. Foram utilizadas 832 matrizes pesadas Cobb 500® com 31 dias distribuídas em 32 boxes, contendo 26 aves cada, seguindo um delineamento em blocos casualizados com 4 tratamentos (T1 – (controle) restrição diária, T2 - restrição “skip-a-day”, T3 - restrição 4/3 e T4 - restrição 5/2), 8 repetições e dois blocos (aves leves e pesadas). As aves foram alimentas de forma a atingirem o mesmo peso. A fecundação foi feita por monta natural. Nas 11ª, 18ª, 25ª, 32ª, 39ª e 46ª semanas de idade foram abatidas 8 aves por tratamento (1 ave/box) para determinação do peso relativo de fígado, ovário, oviduto e intestino. Nas 32ª, 39ª e 46ª semanas de idade foram coletados e incubados 96 ovos por tratamento para análise de taxa de elcosão (TXEC) e eclodibilidade (ECLOD). O tratamento 4/3 foi o que obteve melhor (3,33; p<0,01) e pior (4,73; p=0,01) valores para conversão alimentar (CA) na 11ª e 18ª semanas respectivamente. Desta forma, fica evidente a mudança metabólica que diferentes programas de restrição alimentar provocam nos animais e que o tratamento 4/3 foi o que exigiu maior tempo de adaptação por parte das aves. Não houve diferença significativa entre tratamentos (p>0,05) para porcentagem de postura da 25ª a 43ª semana. Verificou-se que a conversão alimentar por dúzia de ovos (CA/DZ) das matrizes do tratamento 4/3 (0,84) foi melhor (p<0,05) do que as do SK na 32ª (0,92) semana. O peso relativo do fígado foi maior (p<0,01) para as aves do SK na 11ª semana (2,41%). Não houve diferença significativa (p>0,05) para idade à maturidade sexual (IMS), idade ao pico de postura (IPP)...
It is common the use of feed restriction regimens for birds' weight control in broiler breeders farms. This study aimed to evaluate the effects that different feed restriction programs have on broiler breeder hens. A total of 832 Cobb 500® broiler breeder hens, 31 days old, were distributed into 32 boxes, each containing 26 birds, following a randomized block design with 4 treatments (T1 - (control) daily restriction, T2 - restriction skip-a-day T3 - Restriction 4/3 and T4 - Restriction 5/2), 8 replicates and two blocks (light and heavy birds). The birds were fed in order to achieve the same weight. The fertilization was done by natural mating. In the 11th, 18th, 25th, 32th, 39th and 46th weeks of age, 8 birds per treatment (1bird/pen) were killed to determine the relative weight of liver, ovary, oviduct and intestine. In the 32nd, 39th and 46th weeks of age, 96 eggs per treatment were collected and incubated prior to analysis of eclosion rate (EC) and hatchability (HT). Treatment 4/3 was the one that had better (3.33, p <0.01) and worse (4.73, p = 0.01) values for feed conversion (FC) in the 11th and 18th weeks respectively. Thus, it is evident the metabolic change that different restriction programs cause in animals and that treatment 4/3 was the one which required more adaptation time by the birds. It was no significant difference among treatments (p> 0.05) for egg production from 25th to 43th week. It was found that the feed conversion per dozen eggs (FC / DZ) from hens of treatment 4/3 (0.84) was better (p <0.05) than those of SK in the 32nd (0.92) week. The relative liver weight was higher (p <0.01) for SK birds in the 11th week (2.41%). No significant difference (p> 0.05) for age at sexual maturity (ASM), age at peak production (APP), number of eggs produced per bird (NE / BR), number of double yolked eggs (NDYE) and egg weight (EW)... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Palavras-chave

Frango de corte - Nutrição, Fígado, Ovários, Corpo - Peso, Ovos - Eclodibilidade, Liver

Como citar

CARNEIRO, Paulo Roberto de Oliveira. Avaliação de diferentes programas de restrição alimentar para matrizes pesadas. 2013. vii, 50 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias, 2013.