Metalinguagem em Budapeste, de Chico Buarque

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-05-21

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Partindo da análise da estrutura narrativa do romance Budapeste, de Chico Buarque, este trabalho procura discutir o papel que a metalinguagem desempenha nos diversos níveis da obra: desde a caracterização de personagens e ambientes (ghostwriters, academia de letras, lançamentos de best-sellers etc.), passando pela fundamentação dos conflitos (aquisição de uma língua estrangeira, paixão pelas palavras), até chegar ao ponto de interferir na própria construção do espaço-tempo diegético. Essa interferência atua no sentido de favorecer a articulação de uma espécie de jogo, cujo ponto alto se encontra no final do livro, quando então se depara com uma estrutura que se fecha em abismo, servindo ao mesmo tempo como resolução da trama, revelação da história principal e convite à releitura. Com isso é gerado um acúmulo semântico que desautomatiza a recepção, tal como ocorre na poesia, reforçando a idéia da centralidade das questões relativas à língua e à linguagem dentro da obra
Starting with narrative structure‟s analysis of Budapeste (Budapest), Chico Buarque‟s romance, this work intent to argue the paper that metalanguage plays inside the work, in all levels: since characters and ambient characterization (ghost-writer, literary society, best-seller`s casting, etc), passing by fundamentation of conflicts (learning a foreign language, word‟s passion), until the point that it interferes in the construction of diegetic time-space. This interference works in a way to promote a kind of play‟s articulation, that has its high moment in the end of the book, when there is a structure that closes an abysm, serving like trama's resolution, revelation of principal history and re-ready invite. Then, the semantic accumulation created interrupts automatized reception, as occurs in poetry, reinforcing the core idea about langue and language in the book

Descrição

Palavras-chave

Buarque, Chico, 1944- Budapeste - Crítica e interpretação, Metalinguagem, Poesia, Jogos narrativos, Metalanguage, Narrative, Poetry

Como citar

ANDRADE, Dayana Velozo Pastor. Metalinguagem em Budapeste, de Chico Buarque. 2010. 83 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Araraquara, 2010.