Influências dos ácidos graxos ômega 3 na biocompatibilidade e biomineralização em cimentos reparadores biocerâmicos

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2022-06-06

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Materiais como Agregado Trióxido Mineral (MTA), Biodentine e MTA-HP (MTA high plasticity) são utilizados no tratamento de perfurações radiculares e obturação retrograda. Esses materiais são indicados devido a sua biocompatibilidade e capacidade de promover a deposição de estruturas mineralizadas onde é inserido. O ômega-3 é uma substância anti-inflamatória com capacidade de interferir na mineralização. O objetivo deste estudo foi avaliar a influência da suplementação de ômega-3 sobre a resposta tecidual de cimentos endodônticos reparadores implantados em tecido subcutâneo de ratos. Foram utilizados 24 ratos Wistar divididos em 4 grupos, com 8 animais para cada grupo. O estudo teve os seguintes grupos: controle (C) e ratos suplementados com ômega-3 (O). Em cada rato foram implantados 4 tubos de polietileno, sendo 1 tubo vazio para controle, e os demais contendo MTA®, Biodentine® e MTA-HP®. Os períodos de avaliação foram de 7 e 30 dias (n=8/tempo). Após a eutanásia, os tubos e o tecido circundante foram removidos e processados para inclusão em resina histoloógica. Cortes semi seriados na espessura de 3 µm foram utilizados para análise da resposta inflamatória, espessura da cápsula fibrosa e necrose tecidual. Cortes na espessura de 10 µm foram utilizados para análise da mineralização através da coloração por Von Kossa e mantidos sem corar para análise de birrefringência sob luz polarizada. Os dados foram submetidos à análise estatística considerando o nível de significância de 5% (p <0,05). Em 7 e 30 dias, todos os grupos tinham estruturas que eram positivas para a coloração de Von Kossa e birrefringente à luz polarizada para uma dieta regular ou suplementada com ω-3 PUFAs. E os grupos suplementados induziram menos infiltrado inflamatório quando comparado com grupos que não receberam suplementação. Dessa forma, o presente estudo mostrou que a suplementação com ω-3 PUFAs foi capaz de diminuir o infiltrado inflamatório e manter a biomineralização induzida pelo MTA, MTA HP, e BDT.
Materials such as Mineral Trioxide Aggregate (MTA), Biodentine and MTA-HP (MTA high plasticity) are used in the treatment of root perforations and retrograde obturation. These materials are indicated due to their biocompatibility and ability to promote the deposition of mineralized structures where it is inserted. Omega-3 is an anti-inflammatory substance with the ability to interfere with mineralization. The aim of this study was to evaluate the influence of omega-3 supplementation on the tissue response of endodontic repair cements implanted in rat subcutaneous tissue. Twenty-four Wistar rats divided into 4 groups with 8 animals for each group were used. The study had the following groups: control (C) and rats supplemented with omega-3 (O). Four polyethylene tubes were implanted in each rat, 1 empty for control, and the others containing MTA®, Biodentine® and MTA-HP®. The evaluation periods were 7 and 30 days (n=8/time). After euthanasia, the tubes and surrounding tissue were removed and processed for inclusion in histology resin. Semi-serial sections at 3 µm thickness were used for analysis of the inflammatory response, fibrous capsule thickness, and tissue necrosis. Cuts in the thickness of 10 µm were used for analysis of mineralization by Von Kossa staining and kept without staining for birefringence analysis under polarized light. The data were submitted to statistical analysis considering a significance level of 5% (p <0.05). At 7 and 30 days, all groups had structures that were positive for Von Kossa staining and birefringent to polarized light for regular diet or supplemented with ω-3 PUFAs. And the groups supplemented induced less inflammatory infiltrate when compared to groups that did not receive supplementation. Thus, the present study showed that supplementation with ω-3 PUFAs was able to decrease the inflammatory infiltrate and maintain the biomineralization induced by MTA, MTA HP, and BDT.

Descrição

Palavras-chave

Endodontia, Materiais restauradores do canal radicular, Inflamação, Ácidos graxos Ômega-3, Endodontics

Como citar