Estudo comparativo in vivo de implantes Ti-cp com superfícies comerciais e modificadas por laser sem e com depósito de sílica: análises biomecânica, topográfica e histomorfométrica

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2010-08-30

Orientador

Sonoda, Celso Koogi
Okamoto, Roberta

Coorientador

Pós-graduação

Odontologia - FOA

Curso de graduação

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Tipo

Tese de doutorado

Direito de acesso

Acesso abertoAcesso Aberto

Resumo

Resumo (português)

Proposição: O objetivo deste estudo foi comparar o comportamento biológico e mecânico do tecido ósseo ao redor de implantes de superfícies comerciais modificada por condicionamento ácido (SA), e usinada (SU), com implantes de superfícies experimentais modificada por laser (SL), e modificada por laser com depósito de sílica (SS), empregando-se as análises biomecânica, topográfica e histométrica. Material e Métodos: Trinta coelhos receberam 120 implantes de 3,75x10mm em suas tíbias direita e esquerda, sendo dois implantes de cada superfície por tíbia. O implante localizado mais superior, instalado na metáfise tibial foi utilizado para o ensaio biomecânico, descrito no capítulo I; e o implante localizado abaixo deste, instalado na epífise tibial foi utilizado para o estudo histométrico, descrito no capítulo II. A morfologia das superfícies dos implantes foi analisada por microscopia eletrônica de varredura (MEV), e por espectroscopia de energia dispersiva de raios X (EDS) antes, e após 4 semanas de implantação e remoção por torque reverso. Medidas de rugosidade e secção transversal foram obtidas. Após períodos de 4, 8, e 12 semanas realizou-se o ensaio biomecânico, e após os animais sofreram eutanásia. As peças do implante localizado na epífise tibial foram levadas ao micrótomo para corte sem descalcificação. A análise histométrica foi realizada empregando-se microscopia óptica. Foi mensurada a extensão linear de contato entre osso e implante (ELCOI), e a área óssea (AO). Uma lâmina de cada superfície do período de 4 semanas foi metalizada para realização da análise do mapeamento elementar por MEV-EDS. Resultados: A caracterização topográfica mostrou diferenças entre as superfícies analisadas, e os valores de rugosidade média das SL e SS foram estatisticamente superiores (p<0,05) a SA. Na comparação estatística dos valores obtidos...

Resumo (inglês)

Purpose: The aim of this study was to compare the biologic and mechanical behavior of bone tissue around implants with commercially available surfaces, modified by acid etching (SA), and machined surfaces (SU), with the experimental surfaces modified by laser (SL), and modified by laser with silica deposition (SS), using biomechanical, topographic and histometric analyses. Materials and Methods: Thirty rabbits received 120 implants measuring 3,75x10mm in their right and left tibias, being two implants of each type of surface per tibia. The implant located in the uppermost position, inserted in the tibial metaphysis, was used for the biomechanical test, described in Chapter I; and the implant located below this, inserted in the tibial epiphysis, was used for the histometric study, described in Chapter II. The morphology of the implant surfaces was analyzed by scanning electron microscopy (SEM) and by energy dispersive X-ray spectrometry (EDS) before and after 4 weeks of implantation and removal by reverse torque. Mean roughness and cross-sectional measurements were obtained. After periods of 4, 8, and 12 weeks the biomechanical test was performed, and after this the animals were euthanized. The parts of the implant located in the tibial epiphysis were taken for cutting nondecalcified on a microtome. Histometric analysis was performed using an optical microscope. The bone interface contact (BIC), and the bone area (AO) were measured in percentages. A slide of each surface in the period of 4 weeks was metalized in order to analyze the element mapping by means of SEM-EDS. Results: The topographic characterization showed differences between the analyzed surfaces, and the mean roughness values of SL and SS were statistically higher (p<0,05) than those of SA. In the statistical comparison of the values obtained by the biomechanical test, it was... (Complete abstract click electronic access below)

Descrição

Idioma

Português

Como citar

SOUZA, Francisley Ávila. Estudo comparativo in vivo de implantes Ti-cp com superfícies comerciais e modificadas por laser sem e com depósito de sílica: análises biomecânica, topográfica e histomorfométrica. 2010. 175 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2010.

Itens relacionados