Dependência química e a violência auto infligida: a identificação das sujeições e a autopercepção em saúde bucal

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2018-09-20

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Drug abuse has become a phenomenon widely publicized and discussed in contemporary society, due to its devastating consequences on the health and quality of life of individuals. This self-inflicted violence, besides generating great social impacts, causes actions in the oral tissues and severe dental complications, therefore, this subject requires more clinical and political attention. The objective of this study was to verify the factors related to excessive use of narcotics and self-perception of chemical dependents on oral health. Statistical analysis revealed that the social and demographic characteristics of the studied population generate a great influence on their behavior in relation to drugs. Most of the patients examined have low schooling and low income. In general, patients are aware of the negative effects of continued use of chemicals and the need to seek dental care. However, it is reported that it is difficult to find assistance in public programs that offer services directed to oral health for patients dependent on chemistry. Thus, it is necessary to develop effective solutions that include education, prevention and health promotion to care services for such patients
O consumo abusivo de drogas tornou-se um fenômeno amplamente divulgado e discutido na sociedade contemporânea, devido suas consequências devastadoras na saúde e qualidade de vida dos indivíduos. Essa violência auto infligida além de gerar grandes impactos sociais, causam ações nos tecidos bucais e complicações odontológicas severas, portanto, esse tema requer mais atenção tanto clínica quanto política. O objetivo deste estudo foi verificar os fatores relacionados ao uso excessivo de entorpecentes e a autopercepção de dependentes químicos sobre saúde bucal. A análise estatística revelou que as características sociais e demográficas da população estudada, geram grande influência em seu comportamento em relação às drogas. Grande parte dos pacientes examinados possuem baixa escolaridade e baixa renda. No geral, os pacientes têm consciência dos efeitos negativos do uso contínuo de substâncias químicas e das necessidades de se buscar atendimento odontológico. No entanto, há o relato de dificuldade de encontrar assistência em programas públicos que ofereçam serviços direcionados à saúde bucal para pacientes dependentes químicos. Dessa forma, torna-se necessário desenvolver soluções efetivas que inclua educação, prevenção e promoção de saúde a serviços de cuidados para tais pacientes

Descrição

Palavras-chave

Drogas ilícitas, Saúde bucal, Usuários de drogas, Oral health

Como citar

BOTTÓS, Aretuza Marques. Dependência química e a violência auto infligida: a identificação das sujeições e a autopercepção em saúde bucal. 2018. 26 f. Trabalho de conclusão de curso (bacharelado - Odontologia) - Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Faculdade de Odontologia de Araçatuba, 2018.