Caracterização do tecido ósseo peri-implantar frente ao uso do óxido nítrico para funcionalização da superfície de implantes instalados na maxila de ratas induzidas à deficiência de estrógeno e síndrome metabólica tratadas com risedronato de sódio

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2021-08-26

Autores

Batista, Fábio Roberto de Souza [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Objetivo: caracterizar o processo de reparo ósseo peri-implantar em maxilas de ratas ovariectomizadas com síndrome metabólica induzida por dieta de cafeteria, tratadas com risedronato e instalação de implantes funcionalizados com [Ru(terpy)(bdq)NO]3+ (TERPY). Materiais e métodos: os testes in vitro realizados na Fase 1 avaliou as propriedades biológicas e físico-químicas da melhor concentração da TERPY frente às respostas osteogênicas, para a funcionalização dos implantes pela técnica de LbL. A realização de experimentos in vivo na Fase 2 avaliou o efeito da superfície funcionalizada durante o reparo ósseo peri-implantar. Para isso, 48 ratas Wistar foram divididas em: SHAM CONV (n=8), OVX SM CONV (n=8), OVX SM RIS CONV (n=8), SHAM TERPY (n=8), OVX SM TERPY (n=8) e OVX SM RIS TERPY (n=8). Em t=0, as ratas foram submetidas à cirurgia fictícia (SHAM) e à cirurgia de ovariectomia bilateral (OVX); após a recuperação da cirurgia, os animais receberam a dieta de cafeteria (SM). Passados 30 dias (t=30), o tratamento medicamentoso com risedronato de sódio (0,7 mg/kg/semana) (RIS) ou solução salina (0,3 ml), via gavagem, foi iniciado e realizado até o momento da eutanásia. Sessenta dias após o início do tratamento medicamentoso (t=90), a cirurgia de exodontia do primeiro molar superior foi realizada junto à instalação imediata dos implantes de forma bilateral (CONV ou TERPY). Quatorze dias após a cirurgia de instalação dos implantes (t=104), todos os grupos experimentais receberam a injeção intramuscular do fluorocromo calceína (20 mg/kg) e após 10 dias (t=114), do fluorocromo vermelho de alizarina (25 mg/kg). Aos 28 dias pós-operatórios (dia da eutanásia, t=118), os animais foram anestesiados e, nas maxilas do lado direito, os implantes foram submetidos ao torque reverso e imediatamente após a remoção dos implantes, foi realizada a coleta do tecido ósseo para análise de PCR tempo real para avaliação da expressão relativa de ALP, iBSP, OCN, OPG, RANKL, TRAP e VEGF, seguido da eutanásia dos animais; as maxilas do lado esquerdo foram coletadas para a análise de Micro-CT (BV/TV, Tb.Th, Tb.N, Tb.Sp e i.S) e, após o escaneamento, as mesmas passaram pelo processamento para análise da dinâmica óssea por fluorocromos (MAR e ELCOI). Os dados foram submetidos à análise estatística, com o nível de significância de 5% (p<0,05). Resultados: Fase 1: poucas diferenças foram observadas entre as duas concentrações avaliadas e assim, a menor concentração do fármaco foi selecionada (10µM). Fase 2: os implantes funcionalizados com a TERPY apresentaram os maiores valores absolutos de torque de remoção para todos os grupos e com diferença estatística para OVX SM TERPY (p=0,0402). A associação sistêmica entre o risedronato e a TERPY em ratas ovariectomizadas (OVX SM RIS TERPY) demonstrou expressão aumentada para iBSP e equilíbrio entre OPG e RANKL, corroborando com os dados obtidos para MAR (p=0,0052) e com os parâmetros de BV/TV, Tb.Th e i.S da análise microtomográfica para esse mesmo grupo. Conclusão: o desempenho clínico dos implantes funcionalizados com TERPY foi favorável, e, quando associado à administração sistêmica de risedronato de sódio, os resultados se tornam mais promissores.
Objective: characterize the peri-implant bone tissue repair process in maxilla of ovariectomized rats with metabolic syndrome induced by cafeteria diet, treated with risedronate and through placement the implants functionalized with [Ru(terpy)(bdq)NO]3+ (TERY). Materials and methods: in vitro tests performed in Phase 1 evaluated the biological and physicochemical properties of the better concentration of TERPY against osteogenic responses, for the functionalization of implants using the LbL technique. In vivo experiments in Phase 2 evaluated the effect of functionalized surface during peri-implant bone repair. For this, 48 female rats were divided: SHAM CONV (n=8), OVX SM CONV (n=8), OVX SM RIS CONV (n=8), SHAM TERPY (n=8), OVX SM TERPY (n=8) and OVX SM RIS TERPY (n=8). At t=0, the rats underwent unreal surgery (SHAM) and bilateral ovariectomy surgery (OVX); after recovery from surgery, animals received cafeteria diet (SM). After 30 days (t=30), drug treatment with risedronate sodium (0.7 mg/kg/week) (RIS) or saline solution (0.3 ml), via gavage, was started and sustained out until the time of euthanasia. Sixty days after the start of drug treatment (t=90), the maxillary first molar extraction surgery was performed followed by the immediate installation of the implants bilaterally (CONV or TERPY). Fourteen days after implant placement surgery (t=104), all experimental groups received intramuscular injection of the fluorochrome calcein (20 mg/kg) and after 10 days (t=114), the red fluorochrome alizarin (25 mg/kg). After 28 postoperative days (day of euthanasia, t=118), the animals were anesthetized and, in the maxillary on the right side, the implants were subjected to reverse torque and immediately after removal of the implants, bone tissue was collected for real-time PCR analysis to measure the relative expression of ALP, iBSP, OCN, OPG, RANKL, TRAP e VEGF, followed by euthanasia of animals; the left side maxillary were collected for Micro-CT analysis (BV/TV, Tb.Th, Tb.N, Tb.Sp e i.S) and, after scanning, they underwent processing for analysis of bone dynamics by fluorochromes (MAR and ELCOI). Data values were subjected to statistical analysis, with a significance level of 5% (p<0.05). Results: Phase 1: few differences were observed between the two concentrations evaluated and thus, the lowest drug concentration was selected (10μM). Phase 2: the implants functionalized with TERPY presented the highest absolute values of removal torque for all groups and with statistical difference for OVX SM TERPY (p=0.0402). The systemic association between risedronate and TERPY in ovariectomized rats (OVX SM RIS TERPY) showed increased expression for iBSP and balance between OPG and RANKL, corroborating the data obtained for MAR (p=0.0052) and with the parameters BV/TV, Tb.Th and i.S of the microtomographic analysis for this same group. Conclusion: the clinical performance of implants functionalized with TERPY was favorable, and when associated with the systemic administration of risedronate sodium, the results become more promising.

Descrição

Palavras-chave

Osteoporose, Osseointegração, Óxido nítrico, Interface osso-implante, Osteonecrose da arcada osseodentária associada a difosfonatos, Osteoporosis

Como citar