A geopolítica do complexo industrial-militar russo no século XXI: forma, estrutura, função e processo (2000-2019)

Carregando...
Imagem de Miniatura

Data

2023-04-26

Autores

Camargo, Felipe Rodrigues de [UNESP]

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Universidade Estadual Paulista (Unesp)

Resumo

Esse trabalho teve por finalidade se debruçar sobre a hipótese de que os efeitos geopolíticos do Complexo Industria-Militar da Rússia auxiliaram no processo de fortalecimento ao protagonismo mundial do Estado russo frente à hegemonia dos Estados Unidos. Foi uma pesquisa pautada em um estudo de caso, com comparações relativas a outros Estados e exploratória com elementos qualitativos e quantitativos. Teve-se essa hipótese pela Rússia sempre ter se destacado no enquadramento histórico como grande potência, principalmente nos períodos da União Soviética, ser grande produtora de material bélico e também grande comercializadora desses artigos. Com o governo Vladimir Putin houve uma retomada na centralidade do Estado no controle desse setor e, em paralelo, uma maior atuação miltiar por parte da Rússia, como no caso da Guerra da Geórgia, da Anexação da Crimeia, na Guerra Civil Síria e no Conflito no Leste da Ucrânia. Como meio de comprovar ou refutar a hipótese, iniciou- um levantamento dos termos utilizados para se referir a um Complexo Industrial-Militar. Depoisforam utilizados dados de vários países para explicar a configuração de um Complexo Industrial-Militar a partir das Escalas Técnica, Econômica e da Defesa. Depois você foca sobre o Complexo Industrial-Militar russo por meio de uma análise geopolítica de sua Forma, Estrutura, Função e do seu Processo. A Forma foi a aparência apresentada, ou seja, um Complexo focado em desenvolver, produzir e comercializar material bélico sob o interesse político do Estado russo. A Estrutura foi a atuação, a localidade e a configuração dos dois principais conglomerados produtores de material bélico, ROSTEC e United Shipbuilding Corporation. A Função foi a atuação do Complexo sob a perspectiva das políticas públicas objetivadas no setor de desenvolvimento e de produção de material bélico (O Complexo Industrial-Militar). O Processo foi a contínua atuação da Função durante o período do ano 2000 até 2019. Por esse meio confirmou-se a hipótese de que o Complexo efetivamente proporciona efeitos geopolíticos ao Estado na consolidação da estratégia A2/AD (Antiacesso e Negação de Área), no confronto armado na Geórgia, Síria, Crimeia e Ucrânia. Também, auxiliou com a característica de dupla produção e abasteceu as demandas do principal setor econômico russo, as explorações dos recursos naturais e principalmente os hidrocarbonetos. Assim, o Complexo Indutrial-Miltiar é mais do que produzir material bélico, é um setor estratégico e central para várias capacidades geopolíticas, econômicas e de gestão do território russo.
This work aims to address the hypothesis that the geopolitical effects of the Russian Military-Industry Complex help in the process of strengthening the world leadership of the Russian State against the hegemony of the United States. A research based on a case study, but which there are comparisons related to other States, exploratory with qualitative and quantitative elements. We have this hypothesis because Russia has always stood out in the historical context as a great power, especially in the periods of the Soviet Union, a great producer of war material and also a great trader of these articles. With the Vladimir Putin government, there was a resumption of the centrality of the State in the control of this sector and, in parallel, a greater militia action on the part of Russia, as in the case of the Georgian War, the annexation of Crimea, the Syrian Civil War and the Conflict in Eastern Europe. Ukraine. As a means of proving or refuting the hypothesis, we started with the literature review to understand the definitions and configurations of an ideal Industrial-Military Complex based on data from several countries, dividing the capabilities into scales (Technical, Economic and Defense). In order to observe the Russian case through an analysis of Form, Structure, Function and Process. Form being the appearance presented, that is, a Complex Focused on developing, producing and commercializing war material under the political interest of the Russian State. The Structure with the performance, location and configuration of the two main conglomerates producing war material, ROSTEC and United Shipbuilding Corporation. The Function with the performance of the Complex from the perspective of public policies aimed at the sector of development and production of war material (The Military-Industrial Complex). The Process being the continuous performance of the Function during the period from 2000 to 2019. By this means we confirm our hypothesis that the Complex effectively provides geopolitical effects to the State in the consolidation of the A2/AD strategy (Anti-Access and Area Denial), in the confrontation armed in Georgia, Syria, Crimea and Ukraine. It also helps with the dual production feature and meets the demands of the main Russian economic sector, the exploitation of natural resources and especially hydrocarbons.

Descrição

Palavras-chave

Rússia, Complexo industrial-militar, Geopolítica, Estado, Vladimir Putin, Industrial-military complex, Geopolitics, State

Como citar